PUBLICIDADE
Topo

Manchester City domina Sheffield fora de casa e vence com gol de Agüero

Aguero abriu o placar em Sheffield x Manchester City - Mike Egerton / PA Images via Getty Images
Aguero abriu o placar em Sheffield x Manchester City Imagem: Mike Egerton / PA Images via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

21/01/2020 18h22

Na briga pelo G5, o Sheffield United bem que tentou surpreender o Manchester City hoje, no Bramall Lane. Mas apesar do começo de jogo morno, o time de Pep Guariola conquistou a vitória por 1 a 0 com o gol de Sergio "Kun" Agüero, que começou a partida no banco e entrou no lugar de Gabriel Jesus somente no segundo tempo.

No primeiro tempo, o City teve as melhores oportunidades e comandou a partida, mas parou nas defesas de Henderson, que foi o nome do jogo. Nesta primeira etapa, o goleiro do Sheffield fez duas defesas cara a cara, além de ter evitado um pênalti de Gabriel Jesus. O Sheffield pouco ameaçou o gol, o que continuou na segunda etapa, e não conseguia sair com a bola com os jogadores de Guardiola pressionando.

Logo aos 12 minutos, saiu o primeiro cartão amarelo do jogo. Laporte recebeu um carrinho de Besic, que foi advertido pelo árbitro. Até o fim da primeira etapa, Norwood, Fleck e Fernandinho também acabaram amarelados.

A primeira grande chance do Manchester City aconteceu aos 18 minutos e o gol só não saiu por conta de uma defesa absurda de Henderson. Curiosamente, a melhor jogada da partida até o momento começou em um erro. Já aos 24, Otamendi tentou de bicicleta e Henderson evitou mais uma vez o gol do City.

O pênalti para o Manchester City saiu quando o relógio marcava 34 minutos. Na jogada, Mahrez entrou na área com direito a caneta em Stevens antes de levar um pontapé de Basham. Já na cobrança, Gabriel Jesus bateu no canto direito e parou em mais uma defesa de Henderson, que se adiantou. O brasileiro deixou passar a chance de abrir o placar para o City.

No segundo tempo, mais tranquilidade até a primeira chance com Gabriel Jesus, aos 15 minutos. O brasileiro cabeceou, mas mais uma vez Henderson defendeu. Na sequência, o Sheffield respondeu com a tentativa de calcanhar de Mousset.

E, com tantas tentativas, finalmente City abriu o placar aos 28 minutos. De Bruyne recebeu pela direita e deu um passe na medida para Agüero. O argentino balançou as redes em seu primeiro toque na bola e assim ficou o placar até o apito final no Bramall Lane.

Retorno de Laporte

Fernandinho, que era dúvida, atuou no lado direito, como um terceiro zagueiro. Mas a surpresa em campo ficou mesmo com Aymeric Laporte.

O zagueiro francês sofreu uma lesão séria no joelho direito no final de agosto, e estava em fase final de recuperação. A torcida acreditava que só voltaria a ver o jogador em campo no próximo final de semana.

Outra novidade na escalação foi Agüero, que foi preservado por Guardiola e começou o jogo no banco de reservas. A entrada do autor do gol da vitória aconteceu aos 21 do segundo tempo, no lugar de Gabriel Jesus.

Com o resultado, o Manchester City segue na segunda posição da tabela, mas agora com 51 pontos, enquanto os donos da casa ficam em sétimo, com 33. Agora, o próximo desafio do City será no domingo (26). Pela Copa da Inglaterra, a equipe de Pep Guardiola encara o Fulham, às 10h. Já o Sheffield United enfrenta o Millwall no sábado (25), ao meio dia.

Esporte