PUBLICIDADE
Topo

Futebol


MP proíbe duas organizadas do Cruzeiro de irem a estádios por um ano

Organizadas foram proibidas de entrar no Mineirão com adereços da torcida e até materiais da bateria por um ano - © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Organizadas foram proibidas de entrar no Mineirão com adereços da torcida e até materiais da bateria por um ano Imagem: © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Do UOL, em São Paulo

21/01/2020 11h15

O Cruzeiro informou hoje que a Polícia Militar proibiu as torcidas organizadas Máfia Azul e Pavilhão Independente de acompanharem os jogos do clube por 365 dias, ou seja, um ano. O clube soube da decisão ontem, em reunião na sede da Federação Mineira de Futebol (FMF).

Segundo a Polícia Militar, a medida segue uma ordem do Ministério Público de Minas Gerais, autor da proibição. Com isso, estão proibidas a utilização de vestimentas, faixas, bandeiras e instrumentos musicais dentro do estádio e/ou em um raio de 5 km do estádio do Mineirão.

Além disso, a Polícia Militar comunicou que solicitou às organizadas a apresentação de um cadastro de todos seus filiados. Como o envio não foi feito, o órgão estadual não permitirá a entrada de mastros, bandeiras, faixas e instrumentos de todas as torcidas no jogo de amanhã, no Mineirão, contra o Boa Esporte.

A partida, marcado para as 21h30, é o primeiro compromisso oficial do clube e é válido pela primeira rodada do Campeonato Mineiro.

Futebol