PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira


Atletas citam férias após queda de rendimento de seleção Sub-23 contra Peru

Pedrinho tenta escapar da marcação do peruano José Rivera em jogo pelo Pré-Olímpico na Colômbia - Juan BARRETO / AFP
Pedrinho tenta escapar da marcação do peruano José Rivera em jogo pelo Pré-Olímpico na Colômbia Imagem: Juan BARRETO / AFP

Do UOL, em São Paulo

20/01/2020 00h52

O Brasil fez um excelente primeiro tempo na vitória de hoje sobre o Peru por 1 a 0, pelo Pré-Olímpico na Colômbia, mas acabou caindo de rendimento na segunda etapa. Mais cansada, a equipe olímpica brasileira parou de incomodar a área adversária e deu alguns espaços, correndo risco de sofrer o empate. Depois do confronto, os jogadores apontaram as férias de parte do elenco - os atletas que atuam no Brasil estavam de férias até se apresentarem - como possível fator.

"Foi um jogo difícil, primeiro tempo tivemos muitas chances, poderíamos ter feito mais gols. No segundo tempo deu uma cansada, talvez porque muitos estavam de férias, mas o que importa é a vitória, vamos focar na classificação", afirmou Bruno Guimarães, destaque da partida com uma assistência e bela atuação.

Paulinho, autor do gol, ecoou o pensamento, mas fez um alerta: diante de adversários mais complicados, o Brasil precisa definir as partidas. Das dez seleções que disputam o Pré-Olímpico, apenas duas garantem vaga nas Olímpiadas de Tóquio.

"É difícil, muitos esperavam uma excelente atuação. A gente joga por performance e por vitória. Conseguimos a vitória. Alguns jogadores estavam de férias, issoacaba prejudicando um pouco. Acho que o time tá de parabéns, primeiro tempo tivemos muitas chances. Serve de lição, tem que matar os jogos", afirmou.

Com a vitória, o Brasil lídera o Grupo A ao lado do Uruguai com três pontos e um gol de saldo. As duas seleções se enfrentam na quarta-feira, às 22h30, em Pereira.

Seleção Brasileira