PUBLICIDADE
Topo

Dudamel cobra reforços para o ataque do Atlético-MG: "tem que melhorar"

Rafael Dudamel é o atual treinador do Atlético-MG. Ele já fez pedidos à diretoria no mercado da bola - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Rafael Dudamel é o atual treinador do Atlético-MG. Ele já fez pedidos à diretoria no mercado da bola Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

19/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Rafael Dudamel já pediu reforços à diretoria do Atlético-MG no mercado da bola. O venezuelano quer contratações para o ataque
  • "Manifestei que nosso nível na parte ofensiva tem que melhorar. Estamos bem com Marquinhos, Bruninho, Hyoran, Cazares e Edinho, mas têm mesmo perfil"
  • O elenco perdeu nomes relevantes, como Luan, Yimmi Chará e Geuvânio, no mercado da bola e tem um número reduzido de atletas para o setor
  • Ricardo Oliveira, Maicon Bolt e Di Santo são remanescentes. Edinho voltou de empréstimo do Fortaleza e Bruno Silva e Bruno Michel foram promovidos
  • Há a procura de um centroavante que possa jogar como titular, além do interesse em alguém que atue pelos lados do gramado
  • Róger Guedes e Eduardo Sasha foram alvos do departamento de futebol no decorrer do mercado da bola. Entretanto, ainda não houve acordo pela dupla

Rafael Dudamel já pediu reforços à diretoria do Atlético-MG no mercado da bola. O venezuelano quer contratações para o ataque, setor mais frágil do time, de acordo com análise do próprio treinador.

"Manifestei (à diretoria) que nosso nível na parte ofensiva tem que melhorar. Estamos bem com Marquinhos, Bruninho, Hyoran, Cazares, Edinho... Mas eles têm um mesmo perfil. Necessitamos fortalecer fisicamente nosso time no ataque", declarou.

"Temos analisado profundamente o elenco. Há posições que somos conscientes que precisamos reforçar. Há muitos nomes na mesa, com diferentes características, e não quero falar de nomes, mas sim (que vamos reforçar)", acrescentou.

O elenco perdeu nomes relevantes, como Luan, Yimmi Chará e Geuvânio, no mercado da bola e tem um número reduzido de atletas para o setor. Hoje, o clube conta com Ricardo Oliveira, Maicon Bolt e Franco Di Santo dentre os remanescentes da temporada passada. Edinho voltou de empréstimo do Fortaleza e Bruno Silva e Bruno Michel foram promovidos das divisões de base.

A diretoria está no mercado à procura de ao menos dois nomes para o ataque. Há a procura de um centroavante que possa jogar como titular, além do interesse em alguém que atue pelos lados do gramado.

Róger Guedes e Eduardo Sasha foram alvos do departamento de futebol no decorrer do mercado da bola. Entretanto, ainda não houve acordo pela dupla.

Atlético-MG