PUBLICIDADE
Topo

Por que o San Lorenzo aposta na contratação de Cueva, do Santos

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

18/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • San Lorenzo tem interesse na contratação do peruano Christian Cueva, do Santos
  • Time argentino acredita que pode recuperar o bom futebol do jogador, presença frequente na seleção do Peru
  • Após várias saídas no elenco, o San Lorenzo não teria problemas em arcar com os salários do jogador
  • Ainda assim, o valor oferecido pelos argentino e rejeitado pelo Santos é considerado alto
  • Santos e Cueva veem a saída com bons olhos e as partes seguem negociando

O San Lorenzo, da Argentina, está interessado na contratação de Christian Cueva, do Santos, e topa apostar alto no peruano. Os argentinos já ofereceram US$ 4 milhões (R$ 16,6 milhões) pelo jogador, mas o Peixe pediu mais. Após saídas importantes, o clube de Almagro crê na chance de recuperar o bom futebol do peruano.

Fora de competições continentais em 2020, o San Lorenzo liberou jogadores que tinham contratos caros, como os meias Rubén Botta e Fernando Belluschi e o atacante Nicolás Blandi, que já esteve na mira do Santos no ano passado.

Além do trio, o clube negocia a saída do goleiro Nicolás Navarro, do defensor Santiago Vergini e do atacante Ezequiel Cerutti.

Com as três saídas já confirmadas, o clube argentino deve economiza cerca de US$ 3 milhões (R$ 12,5 milhões) ao ano. O valor cobriria com sobras os vencimentos de Cueva no Santos, pouco mais de R$ 7 milhões por temporada.

Os argentinos sabem da atual situação de Cueva após um ano trágico em 2019, mas acreditam que podem reabilitá-lo na Argentina. O peruano, frequentemente convocado para a seleção, é visto como um jogador de muita qualidade quando atua ao seu melhor nível.

O grande empecilho no momento é o valor de compra. O San Lorenzo ofereceu ao Peixe US$ 4 milhões (R$ 16,6 milhões) ao fim do empréstimo de um ano, mesmo modelo utilizado pelo Santos na contratação do peruano junto ao Krasnodar, da Rússia, por US$ 7 milhões (R$ 26 milhões na época).

O clube da Vila Belmiro fez uma contraproposta de US$ 5,5 milhões (R$ 22,8 milhões), mas os argentinos recusaram prontamente. A negociação, porém, não foi encerrada. Tanto Santos quanto Cueva veem com bons olhos a saída. Ainda assim, o valor oferecido pelo San Lorenzo já é considerado alto na Argentina e o Peixe deve ter de ceder para que o negócio saia.

O clube precisa negociar atletas para equilibrar as contas. Ao mesmo tempo, o peruano esteve fora dos planos de Sampaoli durante boa parte da última temporada e já está desgastado no clube pelas polêmica fora de campo.

Santos