PUBLICIDADE
Topo

Madson explica diferenças para Ferraz e quer seguir "lateral artilheiro"

Madson é apresentado como novo reforço do Santos no mercado da bola - UOL
Madson é apresentado como novo reforço do Santos no mercado da bola Imagem: UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

16/01/2020 12h59

O Santos apresentou na manhã de hoje (16) o lateral-direito Madson, segundo reforço do clube no mercado da bola. O atleta de 28 anos veio em troca com o Grêmio pelo também lateral Victor Ferraz e assinou vínculo válido por três anos.

O jogador tem características bastante diferentes para o antigo capitão do Peixe. Segundo o próprio lateral, Ferraz é mais técnico, enquanto ele é mais físico.

"Ferraz é um jogador mais técnico, de construção curta, joga por trás da linha ofensiva. Bom passe, mas pouca infiltração e linha de fundo. Sou o contrário, dou opção na frente, principalmente de ultrapassagem, atacando o espaço e chegando na área. Quem vai dar o feeling é o Jesualdo, vamos treinar e ele vai me orientar. Quero assimilar o mais rápido possível", afirmou.

Madson demonstrou uma característica no Athletico que até então não havia demonstrado na carreira: o faro de gol. Foram cinco anotados no último ano, número que corresponde a metade dos gols anotados por Ferraz em 265 jogos pelo Peixe. O reforço quer manter o faro de gol no Peixe, mas se colocou à disposição para atuar até como zagueiro.

"Espero que sim. O Tiago Nunes me deu oportunidade de ir para área em bolas ofensivas e fiz quatro de cabeça. Espero que no Santos esse meu faro artilheiro prevaleça. No Athletico atuei como zagueiro em alguns momentos pela boa impulsão e passe. Precisávamos sair de trás, marcar atacante mais rápido, e virei zagueiro no decorrer de três jogos. Posso, sim, fazer", disse.

O Peixe estreia no Campeonato Paulista no dia 23 de janeiro, quinta-feira, às 19h15, quando recebe o Red Bull Bragantino na Vila Belmiro.

Santos