PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Gol de falta, camisa 7: Luan anima torcida e supera ídolos em apenas 45min

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

16/01/2020 01h34

Luan precisou de apenas 45 minutos para empolgar torcedores e superar grandes ídolos do Corinthians na estreia pelo clube alvinegro. O camisa 7 fez dois gols (o primeiro de falta) na vitória por 2 a 1 sobre o New York City, pela Florida Cup. O desempenho é superior ao de Marcelinho Carioca, Sócrates, Tevez, Neto e Ronaldo.

Esse grupo de estrelas corintianas foi às redes somente na segunda partida pelo clube. Outras três contratações midiáticas do Corinthians, Serginho Chulapa (1985), Luizão (1999) e Alexandre Pato (2013), também marcaram na estreia, mas apenas uma vez. As informações foram obtidas no Almanaque do Timão, de Celso Unzelte.

Luizão fez seu primeiro gol em um amistoso contra a seleção de Rio Claro, com vitória corintiana por 6 a 0. Na segunda partida, diante do Gama, na estreia do Brasileirão, balançou as redes em quatro oportunidades, triunfo por 4 a 2. Chulapa marcou na estreia do Brasileirão de 1985, no empate por 2 a 2 com o Vasco. Já Pato fez na goleada do Corinthians por 5 a 0 sobre o Oeste, pelo Paulistão.

Marcelinho Carioca, que deu entrevistas ao lado de Luan nos Estados Unidos antes e depois do jogo do Corinthians contra o New York City, também marcou seu primeiro gol pelo Corinthians de falta, contra a Portuguesa, na estreia do Paulistão de 1994 — antes, passou em branco em um amistoso contra o Comercial.

Sócrates, Neto, Tevez e Ronaldo marcaram contra Ferroviária (1978), Tiradentes (1989), Inter de Limeira (2005) e Palmeiras (2009), respectivamente. Outros jogadores contratados como estrelas demoraram ainda mais tempo. Casos de Edmundo (1996) e Garrincha (1966), que foram às redes na terceira partida pelo Corinthians.

Adriano (2011), Boselli (2019), Guerrero (2012), Edilson (1997) e Vagner Love (2015) só conseguiram desencantar depois da terceira partida com a camisa corintiana. Veja a lista completa abaixo.

Fim da seca corintiana

Além de marcar dois na estreia, Luan também encerrou um jejum de 17 meses do Corinthians sem gols de falta. O último gol marcado pela equipe alvinegra nesse fundamento foi marcado por Jadson no dia 15 de agosto de 2018, numa vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense na Arena Condá.

Luan marcou o 13º gol de falta do Corinthians na década (2011-2020). Para efeito de comparação, Marcelinho Carioca fez 51 gols de falta pelo clube. Na melhor temporada, 1996, acertou 12 cobranças.

Diante do desempenho de Luan, que marcou o segundo gol em um chute de fora da área depois de um drible no marcador, Marcelinho fez elogios ao atual camisa 7.

"Viu o pé de anjo? Meteu a curva no gol de falta. O Rei da América voltou, meu irmão. Ele tem talento, inteligente e acima de tudo...corintiano", disse em entrevista ao SporTV.

O Corinthians volta a campo no próximo sábado (18) para enfrentar o Atlético Nacional, da Colômbia, na última partida válida pela Florida Cup. O duelo começará às 19h30. A estreia no Paulistão vai acontecer na quinta-feira (23), diante do Botafogo, na Arena Corinthians, a partir das 21h30.

Primeiro gol com a camisa do Corinthians

1º jogo
Luan (2)
Serginho Chulapa
Luizão
Alexandre Pato

2º jogo
Ronaldo
Sócrates
Neto
Marcelinho
Túlio
Tevez

3º jogo
Garrincha
Edmundo (2)

4º jogo
Adriano

6°jogo
Boselli

7º jogo
Guerrero
Vagner Love (2019)

8º jogo
Edilson

10º jogo
Vagner Love (2015)

Corinthians