PUBLICIDADE
Topo

Grêmio demite preparador de goleiros, preparador físico e mais cinco

Rogério Godoy, preparador de goleiros do Grêmio, deixa o clube após longa trajetória - Divulgação/TXT Sports
Rogério Godoy, preparador de goleiros do Grêmio, deixa o clube após longa trajetória Imagem: Divulgação/TXT Sports

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

15/01/2020 13h24

O Grêmio demitiu o preparador de goleiros Rogério Godoy, o preparador físico Rogério Dias, além de um fisioterapeuta, uma nutricionista, um assessor de imprensa e dois fisiologistas. O clube passa por um processo de reformulação interna no início de 2020.

A reportagem do UOL Esporte confirmou as demissões com integrantes do Conselho de Administração do Grêmio.

O preparador de goleiros Rogério Godoy postou em seu perfil no Instagram uma mensagem de saída do clube.

"Encerro hoje minha trajetória no Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Foram 15 anos de trabalho e dedicação total ao clube. Saio honrado por esta passagem vitoriosa e orgulhoso por tudo que pudemos construir na nossa função. Agradeço, em especial, ao gruo de atletas e colegas pelo apoio, confiança e respeito entregues no dia a dia", publicou.

Rogerião participou de todas as conquistas recentes no clube e trabalhou desde a formação com um dos principais goleiros da atualidade do clube: Marcelo Grohe.

Em maio de 2019 foi premiado pela Conferência Nacional de Futebol (CONAFUT), na categoria Melhor Comissão Técnica de 2018.

Rogério Dias, preparador físico, também perdeu o cargo. Ele subiu ao principal em 2015 e desde então trabalha na preparação dos atletas. Também esteve presente na comissão permanente nas conquistas recentes do clube e tem passagem pela seleção brasileira.

Além da nutricionista Katiuce Borges, o fisioterapeuta Henrique Valente, o assessor de imprensa João Paulo Fontoura e os fisiologistas José Leandro e Rafael Gobbato.

O Tricolor passa por um processo de reformulação interna, e ainda pode ter mais alterações em seu quadro funcional.

Grêmio