PUBLICIDADE
Topo

Valverde se despede do Barça e deseja sorte ao sucessor; atletas agradecem

Do UOL, em São Paulo

14/01/2020 08h54

O técnico Ernesto Valverde, demitido ontem pela diretoria do Barcelona, deixou uma carta de despedida do clube catalão desejando sorte a Quique Setién, seu substituto no cargo.

A mensagem do treinador foi publicada em primeira pessoa no site oficial do Barça na manhã de hoje.

Além dos votos de sorte ao sucessor, Valverde classificou o período em que ficou no clube como "intenso" e agradeceu ao presidente Josep Bartomeu pela oportunidade.

Leia a carta de Valverde:

Minha fase como treinador do FC Barcelona chegou ao fim. Foram duas temporadas e meia muito intensas desde o início. Neste período, vivi momentos muito felizes comemorando vitórias e títulos, mas também outros difíceis. Mas, acima de tudo, quero destacar a experiência e o amor que senti dos torcedores nesta etapa.

Quero agradecer ao presidente Josep Maria Bartomeu e ao Conselho de Administração pela oportunidade que me deram de liderar essa equipe e pela confiança ao longo deste tempo.

Gostaria também de agradecer o apoio e o tratamento de todas as pessoas que me acompanharam no clube durante essas duas temporadas e meia e, principalmente, das que trabalham no primeiro time e ao redor dele, com quem compartilhei tantos momentos na Cidade Esportiva e nos deslocamentos.

Obviamente, também quero agradecer aos jogadores por todo o trabalho e esforço que nos permitiram celebrar quatro títulos juntos.

A partir de agora, desejo a você toda a sorte do mundo, assim como a nova técnica, Quique Setién.

Um abraço a todos. Visca Barça e Visca Catalunya

Jogadores homenageiam técnico

Nas redes sociais, alguns jogadores do Barcelona publicaram fotos agradecendo a Valverde pelo trabalho.

O camisa 10 do clube, Lionel Messi, disse que está certo de que o futuro do técnico será bom.

O uruguaio Luis Suárez classificou o agora ex-técnico como "grande ser humano" e desejou forte nos próximos desafios.

O brasileiro Arthur foi outro que homenageou o treinador. Em português, o volante disse que Valverde foi "fundamental" em sua adaptação na Espanha.

Eliminações "jogaram contra" Valverde

O agora ex-técnico do Barcelona sai do clube com um aproveitamento de 74%. Em 145 jogos comandando a equipe, foram 97 vitórias, 32 empates e 16 derrotas. Hoje, os catalães dividem a liderança do Campeonato Espanhol com o Real Madrid.

Apesar do bom desempenho numérico, pesaram as recentes eliminações em competições de mata-mata, como as derrotas para o Liverpool na Liga dos Campeões e para o Atlético de Madri na Supercopa da Espanha.

Barcelona