PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Red Bull oferece R$ 23 milhões por Cleiton e aguarda posição do Atlético-MG

Cleiton, goleiro do Atlético-MG, está próximo de um acordo com o Red Bull Bragantino - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Cleiton, goleiro do Atlético-MG, está próximo de um acordo com o Red Bull Bragantino Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

14/01/2020 18h22

Resumo da notícia

  • Atlético-MG recebeu uma oferta de 5 milhões de euros (R$ 23 milhões) do Red Bull Bragantino por Cleiton. A negociação deve avançar nas próximas horas
  • Proposta feita pelo Red Bull é por 70% dos direitos econômicos do atleta. Mineiros ainda manteriam 20%, e o estafe do jogador teria direito a 10%
  • Negociação entre o atleta e o atual campeão da Série B está praticamente selada. Cleiton deu aval para que seu estafe acerte um contrato com a equipe
  • O que resta é definir como o Galo terá direito a uma fatia maior de um futuro negócio. Clube tenta adquirir mais 10% para ter 20% no novo contrato

O Atlético-MG recebeu uma oferta de 5 milhões de euros (R$ 23 milhões) do Red Bull Bragantino por Cleiton. O valor é perto do que o clube deseja para liberar o goleiro de 22 anos. A negociação deve avançar nas próximas horas.

A informação sobre o montante oferecido pelos paulistas foi inicialmente divulgada pela Goal e confirmada pelo UOL Esporte.

A proposta feita pelo Red Bull é por 70% dos direitos econômicos do atleta que defende a seleção brasileira. Os mineiros ainda manteriam 20%, e o estafe do jogador teria direito a 10%.

A negociação entre o atleta e o atual campeão da Série B do Campeonato Brasileiro está praticamente selada. Cleiton deu aval para que os seus representantes acertem um contrato com a equipe.

O que resta neste momento é uma composição para que o Galo tenha direito a uma fatia maior de um futuro negócio. Hoje, os mineiros tentam adquirir mais 10% dos direitos econômicos do jogador para permanecer com os 20% no novo contrato. O percentual desejado pelo clube pertence ao próprio atleta.

O empecilho neste momento é o valor que será pago pelo Atlético. A exigência é de 700 mil euros (R$ 3,2 milhões) por 10%. O Galo, porém, quer pagar uma quantia perto da metade - 350 mil euros (R$ 1,6 milhão). O jogador está disposto a abrir mão de um valor considerável para que ocorra a negociação.

Atlético-MG