PUBLICIDADE
Topo

Raniel fala em destino, agradece recepção e diz que está em casa no Santos

Raniel é apresentado pelo Santos - Fernanda Luz/AGIF
Raniel é apresentado pelo Santos Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

14/01/2020 13h05

O Santos apresentou na tarde de hoje (14) o seu primeiro reforço para a temporada 2020: o atacante Raniel. O Peixe foi ao mercado da bola e acertou uma troca com o São Paulo envolvendo o meia Vitor Bueno, ambos em definitivo.

O namoro entre Santos e Raniel é antigo. O atacante já foi alvo do clube para a posição de centroavante no ano passado, quando o Cruzeiro se interessou pelo atacante Bruno Henrique, hoje no Flamengo, mas as negociações não andaram. Agora, ele chega com expectativa alta, mas se sente bem e agradece a recepção no Peixe.

"Parece que já passei por aqui. Este foi um dos motivos para eu vir pra cá, quero ir para lá, parecia que eu estava chegando na minha casa. Desde que surgiram os rumores, a torcida aceitou bem e isso me motiva muito. Fui muito bem recebido aqui e estou me sentindo em casa", afirmou.

O bom desempenho no Cruzeiro chamou atenção de vários clubes e o centroavante acabou se transferindo para o São Paulo. No entanto, o desempenho no Tricolor não foi bom: foram 14 jogos e apenas um gol marcado.

O Peixe anunciou a chegada do atacante ainda no dia 11 de dezembro em uma negociação bastante rápida com o São Paulo. Até o próprio centroavante foi surpreendido com a transferência.

"Foi rápida sim. Fui pego um pouco de surpresa pelos meus empresários, logo que falaram da proposta eu não hesitei. O Santos sempre teve um DNA ofensivo, gosto do jogo que impõe, de velocidade, ser ofensivo. Falei que queria ir, queria estar lá e fazer parte deste grupo. Ali eu vou me sentir bem, comentei com os empresários", disse Raniel, que soube da negociação que não deu certo com o Santos no ano passado, mas chamou de "destino" sua chegada ao Peixe.

"O Cruzeiro não quis aceitar a proposta (do Santos). O São Paulo fez a mesma proposta e, por circunstâncias de momento que o clube estava vivendo, o Cruzeiro resolveu aceitar. As coisas acontecem quando tem que acontecer. Fui bater lá e acabei vindo pra cá. Acho que é o destino."

O Santos estreia no Campeonato Paulista no dia 23 de janeiro, contra o Red Bull Bragantino, às 19h15, na Vila Belmiro.

Santos