PUBLICIDADE
Topo

Mais um! Assessor de Campello segue caminho de ex-VP e renuncia no Vasco

Presidente do Vasco, Alexandre Campello teve duas renúncias na diretoria nos últimos dias e tem perdido apoio - Paulo Fernandes / Vasco
Presidente do Vasco, Alexandre Campello teve duas renúncias na diretoria nos últimos dias e tem perdido apoio Imagem: Paulo Fernandes / Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/01/2020 12h37

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, tem sua diretoria cada vez mais esvaziada. Após o ex-vice-presidente de Finanças, João Marcos Amorim, renunciar ao cargo na última sexta-feira (10), o assessor da presidência, Horácio Junior, seguiu o mesmo caminho hoje (13).

Assim como Amorim, Horácio alegou - em nota divulgada em seu Twitter - diferenças ideológicas com Campello para entregar seu cargo.

"Infelizmente fiquei numa situação distante ideologicamente do Presidente da Diretoria Administrativa. Minha divergência é ideológica, não é pessoal. É preciso dar espaço para que novos colaboradores, mais alinhados à ideologia do Presidente, remem para essa mesma direção", disse em um trecho da nota.

Horácio Junior e João Marcos Amorim são integrantes do mesmo grupo político, a "Cruzada Vascaína". Na última sexta-feira, poucas horas após o ex-VP de Finanças renunciar, o presidente deles, Carlos Leão, havia afirmado ao UOL Esporte que a Cruzada continuará apoiando politicamente Alexandre Campello, ressaltando, inclusive, que João Ernesto, outro membro, segue como vice-presidente de Relações Especializadas e que Amorim continuará os representando no Conselho Deliberativo.

Além da pasta de Finanças e da assessoria da presidência, o Vasco está sem representantes nas VP's de Futebol, Marketing e Médica, todas também após renúncias.

Veja a íntegra do comunicado de Horácio Junior:

Vasco