PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG avalia situação de Ricardo Oliveira e não descarta permanência

Ricardo Oliveira, centroavante do Atlético-MG - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Ricardo Oliveira, centroavante do Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

13/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Ricardo Oliveira tinha a saída do Atlético-MG dada praticamente como certa. Porém, a chegada de Rafael Dudamel pode mudar o futuro do atacante
  • Mesmo com o ano complicado, ele conta com a confiança do departamento de futebol. A experiência do camisa 9 é vista como fator positivo nos bastidores
  • Dudamel não fala sobre a situação, mas avalia a manutenção do veterano no plantel. O diretor de futebol Rui Costa endossa a importância do atleta

Ricardo Oliveira tinha a saída do Atlético-MG dada praticamente como certa. Porém, a chegada de Rafael Dudamel pode mudar o futuro do atacante de 39 anos. Mesmo com o ano complicado, ele conta com a confiança do departamento de futebol.

O venezuelano gostaria de trabalhar com um time repleto de jovens. Esta, inclusive, é uma das missões do treinador na Cidade do Galo: rejuvenescer o elenco. No entanto, a experiência do camisa 9 é vista como fator positivo nos bastidores do clube.

Rafael Dudamel não fala abertamente sobre a situação, mas a manutenção do veterano no plantel para 2020 não está descartada. O diretor de futebol Rui Costa endossa a importância do atleta no grupo.

"Todo jogador é importante, depende do comprometimento dele e do que ele pode trazer para o grupo em termos de experiência. Os treinos serão intensos, serão duros. Vejo no Ricardo o mesmo profissional que sonhava em trabalhar com ele. Ele vai ter que mostrar o mesmo que todos os outros. A cada ano, se renova tudo. Não acho que seja uma coisa definitiva", afirmou.

Ricardo Oliveira fez 14 gols em 46 jogos pelo Galo no ano passado. Ele terminou 2019 como reserva do argentino Franco Di Santo. A sua saída do clube estava quase certa com o desejo do Goiás em contratá-lo para o próximo ano.

O contrato do jogador com os mineiros se encerra em dezembro de 2020. Ele chegou ao clube em janeiro de 2018, sob a batuta do presidente Sérgio Sette Câmara.

Atlético-MG