PUBLICIDADE
Topo

Bahia faz investimento nível Fla em CT: "não deve a nenhum clube do mundo"

Darío Guimarães Neto
Imagem: Darío Guimarães Neto

Marcello De Vico*

Do UOL, em Salvador

12/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Cidade Tricolor, novo CT do Bahia, foi inaugurado no sábado
  • Roger Machado vê CT no nível dos melhores do Brasil e do Mundo
  • "Isso ganha título? Ajuda bastante", opinou o técnico tricolor

R$ 35 milhões. Este é o valor aproximado do investimento feito pelo Bahia na Cidade Tricolor - entre o pagamento para a recuperação judicial do local após imbróglio na Justiça com a OAS, reforma e equipamentos. O número fica bem próximo do que o Flamengo gastou com a modernização do seu CT, o Ninho do Urubu: R$ 38 milhões, aplicados na construção das estruturas utilizadas pelo time profissional e pela base, mais recentemente.

O novo centro de treinamento tricolor, que ganhou o nome do técnico campeão brasileiro de 1988, Evaristo de Macedo, foi inaugurado na manhã de ontem (11), e, segundo o técnico Roger Machado, deixa o Bahia com um CT do nível dos melhores do Brasil e até do mundo.

E olha que Roger Machado tem bagagem para falar sobre o tema. Antes de assumir o Bahia, na temporada passada, o técnico passou pelo Atlético-MG, em 2017, e Palmeiras, em 2018, clubes frequentemente apontados como sendo os donos dos melhores CT's do Brasil.

"No futebol brasileiro, algumas equipes sempre marcaram época com relação à estrutura no futebol. O São Paulo, mais recentemente o Athletico Paranaense foi uma referência, e eu vejo o nosso CT colocando ou recolocando o Bahia no mesmo patamar das outras equipes do futebol brasileiro", disse o técnico, que coloca a Cidade Tricolor, inclusive, em nível mundial.

"Nesse momento, pela dimensão, coloca-se no mesmo nível [dos maiores do Brasil], sem dúvida nenhuma, e no mesmo nível não só do Brasil, mas também dos clubes de fora", acrescenta.

Darío Guimarães Neto
Imagem: Darío Guimarães Neto

Para Roger Machado, ter uma estrutura do nível da Cidade Tricolor ajuda - e muito - a equipe evoluir e a brigar cada vez mais por conquistas.

"Isso ganha título? Ajuda bastante, porque você montar uma estrutura para que o profissional trabalhe bem é um passo importante, mostra a importância e a relevância que o clube dá para a questão principal do clube que é o futebol", completa.

Com uma área de 304.487 m², quase o triplo do Fazendão, e um investimento de cerca de R$ 35 milhões, o novo CT tricolor conta, por exemplo, com cinco campos, além de um para treino funcional, hotelaria quatro estrelas, 57 quartos, auditório, salão de jogos profissional, parque infantil, biblioteca e academia própria para a base.

*o repórter viajou a convite do Esporte Clube Bahia

Bahia