PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Entrada do Galo e Libertadores mudam negociação de Vanderlei com Grêmio

Vanderlei, goleiro do Santos, está na mira de Grêmio e Atlético-MG no mercado da bola - Marcello Zambrana/AGIF
Vanderlei, goleiro do Santos, está na mira de Grêmio e Atlético-MG no mercado da bola Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Eder Traskini, Marinho Saldanha e Thiago Fernandes

Do UOL, em Santos, Porto Alegre e Belo Horizonte

11/01/2020 14h24

O Grêmio conta com a vontade de Vanderlei, tem um acerto com jogador, mas a chegada do goleiro de 35 anos, que pertence ao Santos, não será tão simples. Depois de adiantar o acordo e ficar próximo de um anúncio, o Tricolor vê a interferência do Atlético-MG e a Libertadores virarem empecilhos.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, a negociação do Grêmio com Vanderlei nunca foi problema. O jogador quer atuar em Porto Alegre e é o preferido de Renato Gaúcho para o gol.

Como informou a reportagem, na última semana um avanço consistente nas negociações aconteceu. Mas o trâmite não está 100% definido.

Com 40% dos direitos econômicos do atleta, o alvinegro do litoral paulista começou sua pedida em 1 milhão de dólares (R$ 4 milhões). Os gaúchos ofereceram a metade.

Em seguida, Vanderlei conversou com o presidente José Carlos Peres, do Santos, disse que pretendia ser negociado, que via no Grêmio o destino ideal. O mandatário concordou e, pelos serviços prestados e o tempo em que ajudou mesmo na reserva de Éverson, disse que não dificultaria a saída. Mas ponderou que não seria por qualquer valor.

O Santos, então, pediu 700 mil dólares (R$ 2,8 milhões). O Grêmio relutou em pagar. E foi quando outro fator surgiu no negócio: o Atlético-MG.

A equipe treinada por Rafael Dudamel manifestou interesse no atleta e se colocou disposta a pagar o valor solicitado à vista, imediatamente. Ciente disso, o Grêmio também se dispôs a pagar. Primeiro pediu parcelamento em duas vezes, o Santos rejeitou, e em seguida topou arcar com o custo integralmente.

Contudo, o Santos relutou em fechar o acordo. Reforçar um rival na Libertadores não estaria, inicialmente, nos planos do Peixe, que vê o Galo como destino ideal. O atleta, porém, está irredutível e quer jogar na Arena gremista.

Em Porto Alegre, a direção do Grêmio se mostra tranquila no acerto com o goleiro. O clube espera finalizar o acordo e poder anunciar o atleta ao longo da próxima semana. A equipe de Renato Gaúcho não se manifesta sobre o interesse dos mineiros.

Futebol