PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Volante do Cruzeiro é oferecido ao Atlético-MG e agrada diretoria alvinegra

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

10/01/2020 12h16

O volante Éderson, destaque do Cruzeiro no Brasileirão do ano passado, pode parar no rival Atlético-MG. O jogador entrou na Justiça contra a equipe estrelada e foi oferecido à diretoria alvinegra. O nome é visto com bons olhos pela cúpula alvinegra.

A informação foi antecipada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo UOL. Aos 20 anos, o nome tem a aprovação dentro do Atlético, mas o Galo está em compasso de espera. Nesta sexta-feira, André Cury, empresário do jogador, irá se reunir com o Cruzeiro para tratar o futuro do jogador. Além de três meses de salários atrasados, Éderson também cobra direitos de imagem, FGTS e 13º do clube, razão pela qual entrou com uma ação pedindo rescisão do seu contrato.

Na última quinta-feira (9), Éderson não compareceu ao treinamento do Cruzeiro na Toca da Raposa. A diretoria tentou contato com o jogador, mas não obteve sucesso. O atacante David foi outra ausência no CT e que também colocou o clube na Justiça.

Éderson foi uma das gratas surpresas no péssimo ano do Cruzeiro em 2019. Ele foi contratado em 2018 e passou a integrar o time principal em 2019. Com 22 jogos e dois gols pelo clube, o garoto tomou conta do meio de campo e acabou firmando um contrato até 2023.