PUBLICIDADE
Topo

Red Bull elimina intermediário, marca reunião e conhece pedida de Carvalhal

Carlos Carvalhal, treinador português do Rio Ave, conversa com o Red Bull Bragantino - Divulgação/Rio Ave
Carlos Carvalhal, treinador português do Rio Ave, conversa com o Red Bull Bragantino Imagem: Divulgação/Rio Ave

Ricardo Perrone e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo e Belo Horizonte

08/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Thiago Scuro, CEO do Red Bull Bragantino, dispensou intermediários e tenta pessoalmente um acordo com Carlos Carvalhal
  • O diretor-executivo do clube paulista se reunirá com o técnico nas próximas horas e espera acertar a sua mudança para o Brasil
  • Lusitano que está à frente do Rio Ave-POR é o predileto do Red Bull Bragantino para a vaga deixada por Antônio Carlos Zago
  • Paulistas já sabem a pedida de Carlos Carvalhal. A intenção do comandante é receber cerca de R$ 250 mil mensais em uma eventual mudança para o Brasil
  • arvalhal não é o único nome avaliado pelo Red Bull Bragantino. O clube também estuda outros três nomes - todos estrangeiros

Thiago Scuro, CEO do Red Bull Bragantino, tenta pessoalmente a contratação de Carlos Carvalhal. O dirigente dispensou intermediários e foi ao encontro do técnico que comanda o Rio Ave, de Portugal. Existe a possibilidade de iniciar a temporada com o lusitano no banco de reservas.

Uma reunião entre o executivo do clube paulista e o treinador de 53 anos acontecerá nas próximas horas. A intenção é entender os objetivos do comandante que pode assumir a vaga de Antônio Carlos Zago, hoje no Kashima Antlers, do Japão.

Carlos Carvalhal foi oferecido ao Atlético-MG em dezembro do ano passado. Os mineiros, no entanto, preferiram a contratação do venezuelano Rafael Dudamel para o cargo. As conversas se arrastaram até as vésperas do natal.

A pedida do português é de cerca de R$ 250 mil para acertar uma transferência para o futebol brasileiro. O valor está dentro dos novos padrões adotados pelo Red Bull Bragantino. Ele está disposto a romper o contrato com o Rio Ave e buscar um novo desafio na carreira.

Carvalhal não é o único nome avaliado pelo Red Bull Bragantino. O clube também estuda outros três nomes, conforme apurado pela reportagem do UOL Esporte. O português, contudo, é o predileto da cúpula neste momento.

Além de trabalhar em Portugal, onde comandou o Sporting, Carlos Carvalhal treinou também Besiktas e IIstambul BB, ambos da Turquia. Ele tem experiências na Inglaterra, à frente de Sheffield Wednesday e Swansea.

Futebol