PUBLICIDADE
Topo

Inter inicia 2020 com Guerrero sorridente e Coudet sedento por trabalho

Jogadores do Internacional em apresentação do time para temporada 2020 - Marinho Saldanha/UOL
Jogadores do Internacional em apresentação do time para temporada 2020 Imagem: Marinho Saldanha/UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

08/01/2020 16h56

A apresentação do Internacional para temporada 2020 foi breve. Depois de algumas palavras dos dirigentes, o técnico Eduardo Coudet falou poucas frases e se mostrou sedento pelo trabalho. De pronto, levou todos para o campo e iniciou as atividades.

Sorridente, Paolo Guerrero parecia aliviado. Depois da novela que envolveu a possibilidade de ida para o Boca Juniors, o jogador esteve acompanhado novamente pelos colegas de Inter. Antes da solenidade, conversou, distribuiu risadas e estava totalmente à vontade com os demais.

As novidades foram Musto e Thiago Galhardo, além de uma série de atletas vindos das categorias de base. Rodinei não se apresentou pois ainda tem dias de férias por conta da participação do Flamengo no Mundial de Clubes.

Bruno Fuchs não esteve presente pois serve à seleção olímpica do Brasil.

"Que tenhamos todos um grande ano, porque estamos trabalhando para retribuir o apoio do torcedor com títulos", disse o presidente Marcelo Medeiros. "Iniciamos um ano de trabalho, com uma nova comissão técnica, novos atletas, que estavam aqui, que sobem da base, e temos um importante e grande ano pela frente. Vamos seguir alguns pilares no futebol. Primeiro, o que é o orgulho, o motivo e a principal existência deste clube que é ter uma alta performance nos campeonatos que vamos disputar. Segundo, também para termos um clube forte no presente e no futuro, sermos mais eficientes em gastos e investimentos. Precisamos ter leveza, mas com entrega. E terceiro, não menos importante, construindo com nossos profissionais nas categorias de base um dos principais motores do clube", completou o vice de futebol Alessandro Barcellos.

Em seguida, as manifestações de Rodrigo Caetano e Eduardo Coudet encerraram a solenidade, e logo o técnico argentino levou todos para o campo e iniciou seu trabalho efetivamente.

"Este grupo que aqui está tem o privilégio de ter sido escolhido para seguir nossa missão, sem exceção. A cada ano que passa temos o desafio de seguir evoluindo cada um em sua função. É para isso que estamos aqui, trabalhamos numa atividade movida por paixão. Todos nós que somos profissionais, quando viemos todos os dias para o clube aplicamos isso no trabalho. Amor e paixão ao clube. Os que chegam, rapidamente vão ver como é isso. Como todo grande clube, tem seu privilégio e suas exigências. Tenho certeza absoluta que a continuidade do trabalho será de conquistas e de retribuir o torcedor. Tivemos inúmeros avanços e não tenho a menor dúvida que seremos premiados em 2020. Com a aliança entre o nosso torcedor, que é o maior reforço, nossos atletas e estafe, temos uma fórmula que nos aproxima demais das conquistas", afirmou Caetano.

"Vou ser breve. Começa um ano com muita esperança que vai ser um grande ano para o Inter. Só nos resta trabalhar. Muito obrigado por estarem aqui, mas precisamos ir trabalhar", disparou Coudet, e levou todos ao gramado.

Confira a lista de jogadores que se apresentaram:

Goleiros: Daniel, Danilo Fernandes, Keiller e Marcelo Lomba
Laterais: Heitor, Zeca, Erik, Natanael e Uendel
Zagueiros: Roberto, Rodrigo Moledo e Victor Cuesta
Volantes: Edenilson, Johnny, Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso, Musto, Nonato, Zé Gabriel
e Patrick
Meias: Sarrafiore, Thiago Galhardo, D'Alessandro e José Aldo
Atacantes: Peglow, Guerrero, Netto, Pottker e Wellington Silva

Internacional