PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro libera, e Edilson aguarda resposta do Grêmio para voltar

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno, Jeremias Wernek e Thiago Fernandes

Do UOL, em Porto Alegre

06/01/2020 17h19

O lateral direito Edilson foi liberado pelo Cruzeiro para assinar com um novo clube. A posição do clube mineiro foi assegurada hoje (6), em reunião realizada em Belo Horizonte. O jogador tem interesse em voltar ao Grêmio e aguarda resposta da diretoria gremista.

Aos 34 anos, Edilson já avisou ao Grêmio que aceita reduzir salário e assinar com cláusula de produtividade. O lateral conta com apoio do elenco e comissão técnica para voltar.

Em Porto Alegre, o Grêmio pretende analisar a situação em reunião no Conselho de Administração. O encontro ocorre hoje e vai avaliar o contrato e as possibilidades de Edilson.

Após o Campeonato Brasileiro, o Grêmio liberou Rafael Galhardo e Léo Moura. Dias depois, acertou a contratação de Victor Ferraz e segue no mercado atrás de outro lateral direito.

No Cruzeiro, Edilson era o terceiro maior salário da folha de CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). O valor mensal foi o fator que seduziu o lateral no início de 2018, à época no Grêmio.

O clube gaúcho não gostou da postura de Edilson no episódio e por isso ainda tem dúvidas sobre o retorno, mesmo com predisposição em reduzir salário.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do informado anteriormente, CLT significa a Consolidação das Leis do Trabalho, e não Código de Leis Trabalhistas. O erro foi corrigido.

Futebol