PUBLICIDADE
Topo

Mundial de Clubes - 2019


Técnico do Monterrey diz ter sido desrespeitado por Klopp: "Fiquei louco"

Jurgen Klopp, do Liverpool, gesticula e mostra a língua na direção de Antonio Mohamed, técnico do Monterrey - Mike Hewitt - FIFA/FIFA via Getty Images
Jurgen Klopp, do Liverpool, gesticula e mostra a língua na direção de Antonio Mohamed, técnico do Monterrey Imagem: Mike Hewitt - FIFA/FIFA via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/01/2020 19h16

Classificação e Jogos

O momento em que Jurgen Klopp mostrou a língua e gesticulou na direção do técnico do Monterrey, Antonio Mohamed, foi uma das imagens mais inusitadas do Mundial de Clubes de 2019. O treinador argentino disse que ficou "louco" de raiva contra o comandante do Liverpool e deu um exemplo homofóbico.

"Ele me desrespeitou. Ele passou pedindo cartão amarelo porque dizia que estávamos batendo no Salah toda hora, mas quando eu pedi um cartão para expulsar um jogador dele, ele mostrou a língua e tirou sarro de mim como se eu fosse um veado. Primeiro eu ri, mas depois perdi toda a elegância e a compostura", contou Antonio Mohamed ao site argentino "Enganche".

"Se eu fosse te dizer exatamente o que falei, não lembraria. Quando falo inglês, não sou eu mesmo. Mas acho que falei algo como: 'E a sua mãe, quem te comeu'. Eu nunca mexo com o banco dos outros times, mas fiquei louco porque senti que ele tentou me tratar como lixo. Não sei se reagi bem ou mal, mas só sei que saiu de dentro de mim", completou o treinador.

O Monterrey enfrentou o Liverpool na semifinal do Mundial de Clubes, mas foi derrotado por 2 a 1. Na final, o clube inglês encarou o Flamengo e levou a melhor por 1 a 0, com gol do brasileiro Roberto Firmino na prorrogação.