PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Red Bull pode subir oferta por zagueiro do São Paulo para R$ 36 milhões

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

31/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Red Bull Bragantino estuda fazer terceira proposta ao São Paulo por Walce
  • As ofertas de 5 milhões e 6 milhões de euros foram rejeitadas pelo Tricolor
  • Nova tentativa pode chegar a 8 milhões de euros (R$ 36 milhões)
  • São Paulo não quer vender se não tiver reposição para o zagueiro

O Red Bull Bragantino não deve desistir tão cedo da contratação de Walce, do São Paulo. Depois de sinalizar com duas ofertas, prontamente recusadas pelo Tricolor Paulista, o novato da Série A do Campeonato Brasileiro estuda subir a proposta para contar com o jovem de 20 anos. A tendência é que os valores cheguem a 8 milhões de euros (R$ 36 milhões), evidenciando a força da equipe do interior paulista nesta janela de transferências.

Esses números já ficariam mais próximos do esperado pelo São Paulo para abrir negociações de vez sobre o zagueiro criado em Cotia. Walce é considerado uma das principais promessas formadas no clube nos últimos anos e já teve uma sondagem com valores parecidos no meio do ano, feita pelo Porto, de Portugal.

O São Paulo recusou as primeiras investidas do Red Bull Bragantino, de 5 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões) e de 6 milhões de euros (R$ 27 milhões). O clube do Morumbi ainda quer manter uma porcentagem dos direitos econômicos do zagueiro, para poder lucrar também em uma eventual negociação futura.

Com déficit de R$ 180 milhões em 2019, porém, o clube do Morumbi precisa negociar jogadores nesta virada de ano. Walce e Antony são os principais alvos no mercado da bola. No caso do atacante, o RB Leipizig avisou que pagaria até 18 milhões euros (R$ 81 milhões) na compra, mas nenhum novo passo foi dado.

- São Paulo sonda atacante argentino, mas valores e River são obstáculos

Outro time alemão, o Borussia Dortmund, está atento ao caso de Antony. Sem considerar os valores ideais, o São Paulo acredita que o garoto pode se valorizar com a seleção brasileira sub-23 no Pré-Olímpico marcado para janeiro, na Colômbia, e assim atrair cifras maiores.

Futebol