PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogo das Estrelas tem fratura de Petkovic, VAR e bolada em neto de Zico

Zico comemora com Paquetá durante Jogo das Estrelas 2019  - Allan Carvalho/AGIF
Zico comemora com Paquetá durante Jogo das Estrelas 2019 Imagem: Allan Carvalho/AGIF

Do UOL, em São Paulo

28/12/2019 20h45Atualizada em 28/12/2019 22h40

O Jogo das Estrelas 2019 aconteceu neste sábado (28) e levou mais de 62 mil pessoas ao Maracanã. O tradicional evento beneficente organizado por Zico teve vitória do time vermelho, por 9 a 5 contra o time branco, em um duelo marcado por fraturas de Petkovic, VAR, três gols do anfitrião e bolada em Felipe, neto de Zico.

Os dois títulos da Libertadores conquistados pelo Flamengo foram o tema da festa deste ano. Antes de a bola rolar, as duas taças da Libertadores (1981 e 2019) e o troféu de campeão brasileiro de 2019 foram exibidos para a torcida.

Renato Gaúcho é vaiado

O jogo nem tinha começado e Renato Gaúcho já havia sido vaiado por parte da torcida, formada por maioria flamenguista. O treinador do Grêmio deu risada da situação e ganhou ainda mais vaias quando cavou uma falta em jogada com Paquetá e ao puxar a camisa de Zico em outro lance.

Petkovic fratura costelas

Petkovic - Allan Carvalho/AGIF - Allan Carvalho/AGIF
Petkovic saiu de maca após se lesionar no Jogo das Estrelas
Imagem: Allan Carvalho/AGIF

A partida amistosa ainda teve lesão. Petkovic se machucou após sofrer pênalti de Bernard Lama. Zico foi para cobrança do pênalti e fez 3 a 1 para o time vermelho. O sérvio dividiu com o goleiro e caiu de mau jeito. Ele reclamou de dores nas costelas, saiu de maca e precisou ir ao hospital tirar uma radiografia, que constatou a fratura de duas costelas. De acordo com Pedro Cirilo, membro da equipe médica do jogo, "o tratamento será conservador, mas demorado e um pouco dolorido".

Zico pede música para o Fantástico

No intervalo do jogo, o time vermelho vencia por 6 a 2, com três gols de Zico, que pediu música no Fantástico. O camisa 10 escolheu "Guerreiro Menino", interpretada por Fagner.

VAR com Roger Flores

O árbitro de vídeo (VAR) também apareceu no Maracanã, mas de uma forma diferente. Durante o primeiro tempo, Zico fez 4 a 2 para o time vermelho após passe de Paquetá, mas a arbitragem deu impedimento. Porém, o árbitro Pericles Bassols consultou a equipe de reportagem do SporTV. O comentarista Roger Flores afirmou que o gol foi mal anulado, o que fez o juiz voltar atrás e confirmar o gol de Zico.

No segundo tempo, o VAR apareceu de novo com Roger para dar pênalti em Michael. Thiago Coimbra, filho de Zico, foi para a cobrança e descontou para o time branco, que naquela altura perdia por 7 a 5.

Júnior e Juan são homenageados por Zico

O intervalo teve homenagens com vídeos no telão do Maracanã para Júnior e Juan. O ex-lateral recebeu uma placa de Zico, assim como Juan, ex-zagueiro que se aposentou neste ano.

Paquetá deita e rola

Lucas Paquetá foi o grande protagonista do time vermelho. O ex-flamenguista deu assistências para Zico e marcou um golaço. No primeiro gol do jogo, o meia do Milan deu uma caneta em Valber e tocou por cavadinha na saída do goleiro Lama.

Filho de Felipe Melo marca

No último gol do jogo, Felipe, neto de Zico, rolou para Lineker, filho de Felipe Melo, marcar o dele. O garoto comemorou igual ao pai, imitando um pitbull.

Neto de Zico chora após bolada

Felipe voltou a aparecer no último lance do jogo. Ele levou uma bolada após forte chute de Obina e chorou por conta das dores no braço.

Felipe, neto de Zico - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Felipe, neto de Zico
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Futebol