PUBLICIDADE
Topo

Fla mantém desejo por Pedro, mas esbarra em ideia de venda da Fiorentina

Leo Burlá e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro e em São Paulo

27/12/2019 04h00

Sonho antigo do técnico Jorge Jesus, o atacante Pedro, da Fiorentina (ITA), segue na pauta do Flamengo, que avalia as condições do negócio proposto pelos italianos no mercado da bola.

O clube pagou 11 milhões de euros (R$ 49,5 milhões) para tirar o jovem do Fluminense e já avisou que só abrirá conversa caso os rubro-negros acenem com a possibilidade de compra. O Fla, no entanto, tenta viabilizar o empréstimo, mas esbarra na intransigência inicial dos dirigentes do clube.

Caso dobre a Fiorentina e consiga ter o jogador emprestado, o investimento não mudaria em nada a situação de Gabigol na Gávea. Mas, se o camisa 9 for comprado pelos 16 milhões de euros (R$ 72,6 milhões), já oferecidos para a Internazionale de Milão, a vinda do ex-tricolor só seria viável em caso de uma cessão sem compra dos direitos.

O Flamengo descarta fazer dois investimentos deste peso para a mesma posição e adota o discurso de que a Fiorentina pode receber de volta um jogador ainda mais valorizado após uma temporada no Rio de Janeiro. Por ora, o clube sonda o terreno e aguarda os próximos capítulos.

Cria do Flu, Pedro esteve bem perto de vestir rubro-negro este ano, mas Mario Bittencourt, presidente do Tricolor, se negou a fechar negócio com o maior rival. Na época, o Fla ofereceu cerca de 10 milhões de euros (R$ 45,6 milhões) por 35% dos direitos. Os tricolores endureceram o jogo e o negócio não saiu, embora o atacante tenha ficado extremamente tentado.

O atleta foi um pedido expresso do treinador português, que vê a falta de um "avançado" no elenco. Goleador máximo da equipe em 2019, Gabigol gosta de cair mais para os lados, enquanto Pedro tem mais as características do último toque na bola. A outra alternativa do elenco é Lincoln.

Desde que chegou em Florença, o atacante ainda não se firmou. Atuou quatro vezes (nenhuma delas durante os 90 minutos) e ainda não deixou a sua marca. De olho em chances na seleção, o Fla é visto como um destino interessante, embora uma saída precoce da Europa possa fechar portas no Velho Continente.

Gabigol fica para 2020

As partes caminham na direção de um trato, mas ainda há valores a serem acordados entre Gabigol e Flamengo. O contrato vai até o dia 31 de dezembro e existe a possibilidade de que o jogador se reapresente na Inter, o que não indica que ele será aproveitado em Milão. O Fla espera concluir a transação em janeiro e trata com confiança o assunto.

Flamengo