PUBLICIDADE
Topo

Athletico

Lesão de Diego Costa pode melar ida de Bruno Guimarães para o Atlético-ESP

Bruno Guimarães comemora gol do Athletico contra o Inter - Gabriel Machado/AGIF
Bruno Guimarães comemora gol do Athletico contra o Inter Imagem: Gabriel Machado/AGIF

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

23/12/2019 15h28

Resumo da notícia

  • O Atlético de Madri possui acordo de prioridade para comprar Bruno Guimarães agora em janeiro, mas pode perder o meia.
  • Com a lesão de Diego Costa, o time da capital espanhola prioriza a chegada imediata de um camisa 9 e quer comprar Cavani.
  • Esta necessidade faria o Atlético estourar o Fair Play financeiro desta temporada, caso decidisse comprar os dois atletas.
  • Assim, por necessidade, o clube busca contratar Cavani para substituir Diego Costa. Bruno ficaria para o meio do ano.
  • O recuo do Atlético gerou interesse do Benfica, que já negocia a contratação de Bruno Guimarães com os representantes do atleta.

Bruno Guimarães, do Athletico, é monitorado e tem uma cláusula de preferência que o liga ao Atlético de Madri. Aprovado por Diego Simeone e encaminhado para mudar-se para a capital espanhola, o meio-campista, contudo, pode ter outro destino no mercado da bola em janeiro de 2020. O clube europeu só teria dinheiro para comprar o brasileiro na janela de transferências de janeiro, em virtude do Fair Play financeiro vigente na Espanha, tanto para o mercado quanto para salários.

A informação foi publicada pelo site Goal e confirmada pelo UOL Esporte com pessoas que participam das conversas para a possível saída do atleta. O Atlético possuía o dinheiro separado para comprar Bruno, por volta de R$ 140 milhões. No entanto, a lesão de Diego Costa, que deve tirá-lo até abril, obrigou o clube a alterar os planos a curto prazo e buscar um 9 no mercado, e o preferido é o uruguaio Edinson Cavani, do Paris Saint-Germain.

A urgência por um centroavante e a possibilidade de contratar Cavani, que perdeu espaço na França e virou apenas uma opção de banco de reservas do argentino Mauro Icardi, abriram a chance de o Atlético se reforçar de maneira imediata. Desta forma, os espanhóis priorizam o experiente atacante de 32 anos, que deve fechar contrato nos próximos dias.

Há também o fator João Félix. No início da atual temporada, o Atlético gastou R$ 543 milhões para contratar a revelação portuguesa, que se tornou um dos jogadores mais caros da história, e comprometeu boa parte do orçamento para comprar novos atletas.

Oficialmente, o Atlético não desistiu de contar com o Bruno Guimarães, mas sabe do risco de perder o jogador neste início do ano. O Benfica, de Portugal, aparece como um dos interessados e abriu negociação com os representantes do atleta, que curte período de férias após a temporada pelo time paranaense.

O meio-campista de 22 anos se destacou em 2019, sendo fundamental na conquista da Copa do Brasil. No ano passado, também teve papel de protagonista no título da Copa Sul-Americana.

Eleito para a seleção do Campeonato Brasileiro, Bruno Guimarães acabou convocado pelo técnico André Jardine para representar o Brasil no torneio Pré-Olímpico, com início marcado para 18 de janeiro.

Athletico