PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos vai manter promessa da base após novela e 4 propostas para sair

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

20/12/2019 14h51

Resumo da notícia

  • Renyer, de 16 anos, está em vias de assinar primeiro contrato profissional
  • Negociação se arrasta há meses e ele já não tem vínculo desde outubro
  • Santos topou melhorar as primeiras condições oferecidas e se aproximou
  • Corinthians e outro brasileiro, além do futebol internacional, procuraram
  • Jogador é frequente na seleção brasileira sub-17 e considerado aposta

O Santos está em vias de acertar o primeiro contrato profissional do atacante Renyer, de 16 anos. O jogador é valorizado nas categorias de base por conta do estilo de jogo ofensivo e driblador, mas ele e seu estafe não aceitaram a primeira oferta de renovação do contrato de formação, que acabou no último mês de outubro. Dois meses depois, o acordo agora é considerado encaminhado.

O próprio garoto publicou um post no Twitter escrito "preciso de uma caneta", risos e emojis branco e preto, indicando a proximidade de assinatura do contrato.

As negociações que se arrastam há meses foram conduzidas pelos últimos diretores técnicos do Santos, Paulo Autuori e William Thomas, além do presidente José Carlos Peres. O clube já havia encaminhado ofícios à FPF e à CBF com o registro da "proposta de celebração de primeiro contrato", uma espécie de garantia legal ao clube responsável pela formação. O novo vínculo seria de três anos com salário de R$ 13 mil, e opção de renovação por mais dois, a R$ 20 mil mensais.

Renyer - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Atacante de 16 anos tinha contrato de formação só até outubro e negocia fico desde então
Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

O estafe da promessa não aceitou as condições e passou a ouvir outros clubes interessados. Um clube da Itália e um da Inglaterra iniciaram conversas, além do Corinthians e outro brasileiro não revelado. Paralelamente, o Santos manteve negociações, viu a promessa trocar de empresário, e melhorou os termos da proposta em reuniões recentes - um novo encontro hoje (20) pode selar a assinatura de contrato.

Renyer já é presença frequente nas convocações da seleção brasileira sub-17, mas não estará na disputa da Copa São Paulo de Juniores porque não houve tempo para registrá-lo. Ele já treinou entre os jogadores profissionais do elenco do Santos sob o comando do técnico Jorge Sampaoli e pode acelerar a transição em 2020. Recentemente dois lances plásticos de Renyer viralizaram na internet. Em um torneio disputado na China, o atacante aplicou duas canetas no mesmo lance na final contra o Boca Juniors (ARG).

Futebol