PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira


Cinco jogos-chave em que a seleção não pode escorregar nas Eliminatórias

Ao contrário de quatro anos atrás, desta vez Tite comanda a seleção brasileira desde o início das Eliminatórias - KARIM SAHIB / AFP
Ao contrário de quatro anos atrás, desta vez Tite comanda a seleção brasileira desde o início das Eliminatórias Imagem: KARIM SAHIB / AFP

Do UOL Esporte

17/12/2019 13h31

Definida a tabela de jogos das Eliminatórias, a seleção brasileira já sabe o caminho que deve percorrer para manter a escrita e estar na próxima Copa do Mundo, a do Qatar. Em meio às 18 rodadas, algumas partidas parecem fundamentais para que a campanha caminhe bem. Abaixo, o UOL Esporte lista cinco destes confrontos.

As Eliminatórias começam em março de 2020, no formato tradicional de duas rodadas por data-Fifa. O terceiro e o quarto jogos serão em setembro do mesmo ano, e daí em diante a competição se estende até novembro de 2021 - um ano antes da Copa do Mundo.

2ª rodada - Peru x Brasil

Após estrear em casa contra a Bolívia, o Brasil viaja ao Peru para reeditar a final da última Copa América. As seleções se enfrentaram em amistoso há dois meses, quando os peruanos impuseram a primeira derrota da seleção de Tite desde a Copa do Mundo de 2018 - eram 17 jogos sem perder. Presente no último Mundial, o Peru mais uma vez promete brigar por vaga.

6ª rodada - Brasil x Argentina

Clássico é sempre imperdível, e neste a seleção brasileira tenta dar o troco pela derrota por 1 a 0 em novembro. O jogo é simbólico também por encerrar um terço das Eliminatórias, quando a disputa começa a se definir. "Até a sexta rodada [das Eliminatórias passadas], o Brasil não estava entre os classificados", disse Tite na manhã de hoje, falando da força dos concorrentes. "Há um nivelamento físico, técnico, tático e mental das equipes. Tudo muito equilibrado", falou.

8ª rodada - Paraguai x Brasil

O Paraguai pode não chegar como favorito às Eliminatórias, mas deve ser um dos fiéis da balança na definição dos classificados. O Brasil, especificamente, tem encontrado um adversário duríssimo na seleção paraguaia: só venceu um dos últimos cinco jogos. Nesta lista há três disputas de pênalti em Copa América, em que a seleção canarinho caiu duas vezes e se classificou em uma (a última, em junho).

9ª rodada - Chile x Brasil

Historicamente a seleção brasileira leva vantagem contra o Chile, mas ultimamente os jogos têm sido mais parelhos. Aquela história de "tá em crise? Chama o Chile" já não é mais tão fiel à realidade: se o Brasil empilhou oito vitórias seguidas até 2010, de lá para cá venceu três de seis jogos. Nas últimas Eliminatórias, a seleção de Dunga estreou em Santiago e tomou 2 a 0, em 2015. Nesta, o duelo marca a metade da competição.

13ª rodada - Brasil x Colômbia

Presente nas últimas duas Copas do Mundo, a seleção colombiana se mostra favorita a uma das vagas no Mundial do Qatar. Trata-se, portanto, de confronto direto e abre o último terço das Eliminatórias. Nos últimos dois confrontos entre Brasil e Colômbia, dois empates, sendo que o primeiro deles encerrou sequência de nove vitórias seguidas nas Eliminatórias passadas, no começo fulminante do técnico Tite.

Confira todos os jogos da seleção nas Eliminatórias:

1. Brasil x Bolívia
2. Peru x Brasil
3. Brasil x Venezuela
4. Uruguai x Brasil
5. Colômbia x Brasil
6. Brasil x Argentina
7. Brasil x Equador
8. Paraguai x Brasil
9. Chile x Brasil
10. Brasil x Peru
11. Venezuela x Brasil
12. Brasil x Uruguai
13. Brasil x Colômbia
14. Argentina x Brasil
15. Equador x Brasil
16. Brasil x Paraguai
17. Brasil x Chile
18. Bolívia x Brasil

Seleção Brasileira