PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


"No Brasil, brigaria contra rebaixamento", diz Roger Flores sobre Al-Hilal

Gomis comemora gol do Al Hilal sobre o Espérance pelo Mundial  - REUTERS/Kai Pfaffenbach
Gomis comemora gol do Al Hilal sobre o Espérance pelo Mundial Imagem: REUTERS/Kai Pfaffenbach

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/12/2019 23h20

Na edição de hoje (15) do Troca de Passes, o Roger Flores fez uma análise do Al-Hilal, da Arábia Saudita, adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes. Na opinião do ex-jogador, o time saudita não deve causar tantos problemas para a equipe rubro-negra. Na opinião do comentarista, os campeões da Ásia brigariam contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

"Hoje foi o último grande treinamento para esse Mundial. O Flamengo está pronto. A gente viu ontem o jogo do Al-Hilal, e não vejo muitos problemas para o Flamengo. É um time organizado, apesar de não ter jogado o Giovinco, italiano. Eu acho que se o Al-Hilal jogasse o Brasileirão, estaria na faixa de baixo, estaria brigando contra o rebaixamento", disse o comentarista.

Apesar de não ver tanta força no time saudita, Roger fez um contraponto na sequência de seu primeiro comentário. O comentarista acredita que a ansiedade e a expectativa podem atrapalhar o Flamengo na partida. O ex-jogador também destacou que o Al-Hilal tem bons jogadores estrangeiros na equipe, que merecem atenção.

"Agora, é um jogo sempre difícil, um jogo com uma atmosfera de ansiedade grande, principalmente porque se fala muito de Flamengo x Liverpool e isso pode entrar na cabeça dos atletas. Acho que o Jorge Jesus deve trabalhar isso, mostrar para os atletas que para ir à final precisa passar pelo Al-Hilal. E não é um time tão fraco. São estrangeiros capacitados. [...] Se o Flamengo jogar o que jogou no Brasileirão, passa até com facilidade. Mas tem que ter intensidade e comprometimento", completou.

Flamengo e Al-Hilal se enfrentam em Doha, no Catar, na próxima terça-feira (17), a partir das 14h30. O vencedor da partida disputa a final do Mundial de Clubes. O perdedor disputa o terceiro lugar da competição. A outra semifinal, entre Liverpool (Inglaterra) e Monterrey (México), será disputada na quarta-feira (18), também às 14h30.

UOL Esporte vê TV