PUBLICIDADE
Topo

Al Hilal vence Espérance com golaço e enfrenta Fla na semi do Mundial

Gomis saiu do banco para marcar gol da vitória do ex-time de Jorge Jesus em Doha, no Qatar - Kai Pfaffenbach/Reuters
Gomis saiu do banco para marcar gol da vitória do ex-time de Jorge Jesus em Doha, no Qatar Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

14/12/2019 12h54

Classificação e Jogos

O Al Hilal será o adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes. Hoje (14), o time da Arábia Saudita venceu o Espérance por 1 a 0. O gol da partida foi de Bafetimbi Gomis, ex-Swansea City, no segundo tempo. O duelo em Doha ficou marcado pela festa da torcida tunisiana, que ligou sinalizadores e encheu o estádio de fumaça e provocação aos árabes.

Al Hilal e Flamengo jogarão na terça-feira (17), às 14h30 (horário de Brasília). O vencedor garante vaga na final do torneio, marcada para sábado (21).

A delegação rubro-negra esteve no estádio para acompanhar a definição do rival. Jorge Jesus, ex-treinador do Al Hilal, chegou a abanar para atletas do antigo clube.

Quem brilhou: Gomis

Francês saiu do banco para decidir a partida. Um chapéu curto em cima do zagueiro, que vinha em alta velocidade para tentar o corte, e chute de primeira. Golaço em Doha com direito a comemoração diante da delegação do Flamengo, presente no estádio.

Brasileiro ex-Porto leva Al Hilal à frente

O Al Hilal demorou quase 30 minutos para se impor diante de um voluntarioso Espérance. A atuação de Carlos Eduardo, ex-Porto, foi decisiva para fazer com que o time da Arábia Saudita ganhasse volume no ataque. Flutuando entre várias funções ofensivas, o brasileiro criou superioridade. Foi dos pés dele que saiu a primeira oportunidade para abrir o placar.

Cuéllar dá lugar ao goleador do jogo

Implacável na marcação, e decisivo para quebrar os contra-ataques do adversário, Cuéllar saiu de campo aos 20 minutos do segundo tempo. A troca foi estratégica para jogar o Al Hilal ainda mais à frente. Bafetimbi Gomis cumpriu à risca o plano e foi o goleador da partida.

Espérance vai na força e vontade

O time da Tunísia não foi uma presa fácil. Organizado e com muita vitalidade, o Espérance criou um início de jogo equilibrado. A pressão na saída de bola chegou a fazer com que o goleiro Al-Mayouf se enrolasse e por pouco a bola não sobrou limpa.

Al Hilal tem titular expulso

Mohamed Kanno, titular absoluto do meio-campo do Al Hilal, está fora do jogo contra o Flamengo. O camisa 28 foi expulso na reta final da partida, depois de receber segundo amarelo.

Torcida do Espérance provoca e agita estádio

Os torcedores tunisianos compensaram as limitações do time em campo. Provocativos, eles chegaram a discutir com representantes do Al Hilal e ligaram sinalizadores e fumaça no decorrer da partida. O jogo, contudo, não foi paralisado mesmo com prejuízo visual.

Futebol