PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras e Sampaoli terminam reunião no Rio sem entrar em acordo

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

12/12/2019 20h43

Terminou sem um acordo a reunião entre Palmeiras e Jorge Sampaoli feita hoje (12) no Rio de Janeiro. O clube apresentou a sua contraproposta ao treinador e agora aguarda uma resposta que deve ser dada nos próximos dias. O Alviverde ainda informou que "qualquer informação diferente dessa é mera especulação".

O objetivo do encontro de hoje foi colocar o argentino frente a frente com representantes do clube pela primeira vez. Maurício Galiotte e Anderson Barros, diretor executivo anunciado ontem, foram os escolhidos para encontrar com o técnico em um hotel na capital fluminense.

O Palmeiras não está disposto a arcar com o primeiro pedido de Sampaoli, feito há uma semana por dois empresários: 4,5 milhões de euros por ano livres de impostos para dividir entre ele e todos os membros da comissão técnica, ou seja R$ 21 milhões líquidos por temporada.

Na prática, o valor pago pelo Alviverde será ainda maior, já que o clube será o único responsável pelo pagamento dos impostos. Com essa conta, os gastos mensais do clube ultrapassariam os R$ 2 milhões.

A estratégia na reunião de hoje foi mostrar ao treinador a opção de um contrato com valores reduzidos, mas que poderiam aumentar consideravelmente em caso de objetivos cumpridos.

Sampaoli deve passar férias no Rio de Janeiro pelo menos até o próximo dia 23 de dezembro e ele ainda tenta se livrar do imbróglio com o Santos sobre a sua multa rescisória e a de seus companheiros de comissão técnica.

O Palmeiras também avisou ao treinador que tem boas condições de ir ao mercado, mas que não fará promessas de investimento. O total que será gasto em contratações depende diretamente do que será arrecadado com vendas de atletas.

Palmeiras