PUBLICIDADE
Topo

Santos

Sampaoli se reúne com presidente do Santos, sai pessimista e adia decisão

Jorge Sampaoli, do Santos, durante jogo contra o Flamengo - Ivan Storti/Santos/Divulgação
Jorge Sampaoli, do Santos, durante jogo contra o Flamengo Imagem: Ivan Storti/Santos/Divulgação

Eder Traskini

Do UOL, em Santos

09/12/2019 13h00

A reunião entre Jorge Sampaoli e José Carlos Peres terminou sem uma decisão nesta segunda-feira (9). Os dois estiveram no CT do Santos, e o treinador deixou o local sem falar com a imprensa. O encontro durou mais de duas horas e teve momentos de tensão.

Segundo apurou o UOL Esporte, a "novela" ainda não teve seu capítulo final, mas ficou claro que é grande a diferença entre os pedidos do treinador e a capacidade de investimento da equipe da Vila Belmiro. Há uma estimativa que os pedidos de reforços do comandante chegam a R$ 100 milhões.

Na coletiva de domingo, após a goleada contra o Flamengo, Sampaoli afirmou que gostaria de um projeto desportivo com capacidade para brigar por títulos da Libertadores em 2020. Um dos exemplos é ter dois jogadores no mesmo nível por posição.

Sampaoli não conversou com os repórteres, mas conversou brevemente com as crianças que sempre estão nos arredores do CT e já mantêm relação com ele. Perguntado se ficaria, ele respondeu com um "talvez".

Enquanto não decide o seu futuro na Vila Belmiro, Sampaoli segue como opção número 1 para o Palmeiras. O Alviverde já se reuniu na semana passada com o santista, sabe as condições pedidas por ele para trabalhar no Palestra Itália e aguarda o desfecho das negociações na Baixada para avançar.

Santos