PUBLICIDADE
Topo

O que Jorge Sampaoli quer para permanecer no Santos em 2020

Siga o UOL Esporte no

Eder Traskini e Lucas Faraldo

Do UOL, em Santos e São Paulo

09/12/2019 04h00

A possibilidade de permanência de Jorge Sampaoli no Santos em 2020 passa diretamente pela contratação de reforços. O foco do treinador é disputar a Copa Libertadores da América do ano que vem com chances reais de lutar pelo título.

A reportagem do UOL Esporte apurou que Sampaoli quer, por posição, dois jogadores "de nível para ganhar a Libertadores". Isso passa pela contratação de nomes que cheguem para jogar como potenciais titulares no atual vice-campeão brasileiro - ou já de cara assumindo a vaga na equipe ou ao menos pressionando os atuais titulares com uma sadia concorrência.

Exemplo claro desse planejamento de Sampaoli é a dupla de laterais Jorge e Felipe Jonatan: quando um foi desfalque em 2019, o outro o substituiu sem maiores comprometimentos. Como deve perder Jorge para 2020, o Santos precisaria contratar uma peça de reposição.

A primeira notícia de mercado da bola pós-término do Campeonato Brasileiro, porém, não é animadora: o zagueiro Gustavo Henrique confirmou ontem (8) sua saída do Santos. O destino pode ser o Flamengo, justamente quem terminou à frente do Peixe no torneio nacional e também conquistou o título da Libertadores tão almejado por Sampaoli para a próxima temporada.

Ainda assim, dentro do planejamento de Sampaoli, a saída de Gustavo Henrique não é das mais preocupantes. Isso porque o atual elenco conta com quatro nomes bem vistos pela comissão técnica do argentino: Lucas Veríssimo, Luiz Felipe, Aguilar e Luan Peres.

A tendência é não haver extensa novela. Sampaoli, ainda na Vila Belmiro após a vitória por 4 a 0 sobre o Flamengo, revelou ter agendada para hoje (9) uma reunião com o presidente santista, José Carlos Peres. Na manhã de hoje (9), o treinador ouvirá o projeto do Santos para 2020 e analisará se há concordância com suas ideias.

Cabe lembrar que Sampaoli tem contrato com o Santos até o fim do ano que vem, mas não descarta trocar o Peixe por outra equipe em 2020. O Palmeiras, que demitiu Mano Menezes há uma semana, tem sondado o treinador argentino nos últimos dias.

Santos