PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Jesus e Sampaoli buscaram no passado um futebol que é nosso, diz Casagrande

Casagrande participa do Globo Esporte - Reprodução/TV Globo
Casagrande participa do Globo Esporte Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/12/2019 12h32

Responsável por entregar o prêmio 'Melhor Jogadora' no Bola de Prata, premiação da ESPN Brasil, Walter Casagrande aproveitou a ocasião para avaliar a temporada do futebol brasileiro. Elogiando a ofensividade dos times de Jorge Jesus, Jorge Sampaoli, Tiago Nunes e Renato Gaúcho, o comentarista do Grupo Globo exaltou o resgate do 'futebol antigo' pelos dois estrangeiros.

"Sampaoli, Jorge Jesus, Tiago Nunes e o Renato (Gaúcho) fazem um futebol antigo brasileiro, e esses dois estrangeiros resgataram com uma força o jogo de drible, movimentação, iniciativa, improviso... A página não virou, nós voltamos às páginas. Nós fomos em capítulos antigos do futebol brasileiro, onde a seleção era temida, quando o futebol brasileiro tinha sempre dribladores, times brasileiro, quando entrávamos sempre como favoritos em algum campeonato. Foi isso que esses treinadores resgataram. Não tem nada de novo, eles não inventaram nada. Eles buscaram no passado um futebol que é nosso", falou o ex-jogador.

Na sequência, questionado sobre a 'impressionante' campanha do campeão brasileiro Flamengo, Casão fez questão de destacar o trabalho do vice-líder Santos.

"(O Flamengo) Impressionou bastante, mas os jogadores eram ótimos. (...) Eu gosto de destacar o Sampaoli, que não tinha esse material na mão. O trabalho do Sampaoli foi convencer os jogadores dos Santos que eles poderiam fazer algo importante no campeonato. Claro que o Flamengo foi o melhor time do Campeonato, mas eu gosto de destacar o Santos", completou.

UOL Esporte vê TV