PUBLICIDADE
Topo

Adilson Batista lembra de Ceni após rebaixamento do Cruzeiro: "Tinha razão"

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

09/12/2019 08h43

O técnico Adilson Batista citou Rogério Ceni ao se pronunciar sobre o rebaixamento do Cruzeiro, decretado ontem (8) após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no Mineirão. Em dez dias como técnico da Raposa, o novo comandante citou o antigo técnico ao reforçar que o clube mineiro tem muitos problemas para serem resolvidos. Ceni foi o treinador que colocou o "dedo na ferida" e criticou os problemas no Cruzeiro, mas acabou deixando o clube em menos de dois meses.

"Eu também estou sentido. Não é fácil. Não é só profissionalmente, mas é como parte de uma instituição que eu tenho muito carinho. Eu também estou sentido. Nosso amigo Rogério Ceni tinha razão em muitas coisas que ele falou. E eu notei isso. A gente, como está há muitos anos, tem muita coisa errada. Então, falta intensidade, aspecto físico. Falta um monte de coisa", disse o treinador celeste.

Ídolo do clube e treinador de sucesso em sua primeira passagem, Adilson não conseguiu fazer o Cruzeiro vencer e sequer marcar gols nos três jogos que teve à frente do clube. Agora, ele permanecerá para 2020 e será um dos responsáveis por tentar retornar à elite nacional e disputar o Brasileirão no ano do centenário cruzeirense, em 2021.

"Eu quero fazer parte dessa reconstrução. Dar apoio, trabalhar, mostrar, explicar, ajudar essa geração mais nova, porque é ali que está o futuro do Cruzeiro. Quero dar minha contribuição, vou me entregar de corpo e alma, me dedicar, para a gente começar uma nova etapa. O torcedor está chateado, magoado, mas precisa entender que é o momento de ele ajudar. Ele precisa colaborar, ajudar, incentivar essa geração que vem 2020, para que a gente tenha um centenário com perspectiva de reagir", acrescentou.

Cruzeiro