PUBLICIDADE
Topo

Inter confirma saída de Zé Ricardo e atuação de futuro técnico para 2020

Zé Ricardo deixa o comando do Inter após a partida contra o Atlético-MG, no Beira-Rio - Ricardo Duarte/Inter
Zé Ricardo deixa o comando do Inter após a partida contra o Atlético-MG, no Beira-Rio Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Do UOL, em Porto Alegre

08/12/2019 15h32

Resumo da notícia

  • Rodrigo Caetano confirmou a saída de Zé Ricardo do Inter após o fim do Brasileiro.
  • O diretor executivo, porém, não oficializou a chegada de Eduardo Coudet.
  • Por outro lado, ele admitiu que o futuro treinador participa do processo de montagem de elenco para 2020.
  • Caetano ainda explicou a recusa ao Palmeiras, que tentou sua contratação mas não teve sucesso.
Classificação e Jogos

O diretor executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, agradeceu Zé Ricardo, que se despede do time após o jogo de hoje contra o Atlético-MG. Sem confirmar Eduardo Coudet, o dirigente também citou a participação do futuro técnico na montagem do grupo para a próxima temporada.

"Eu quero agradecer ao Zé Ricardo, que assumiu o time após a saída do Odair. Um desafio que poucos aceitariam, mas ele aceitou em razão do tamanho do Inter, das pessoas, do elenco. É o último jogo dele, e ele aceitou este desafio. O Zé colaborou muito com nossa classificação, não resta dúvida. Temos que reconhecer o excelente trabalho que fez dando sequência também ao trabalho feito pelo Odair (Hellmann), que merece todo nosso reconhecimento ao longo de sua carreira no Inter. Ele resgatou a autoestima do torcedor, trouxe para o estádio o estigma do torcedor acreditar novamente. Tivemos grandes jogos aqui, uma decisão, infelizmente não tivemos êxito. O Inter voltou a ser protagonista, muito pelo trabalho do Odair", declarou Caetano.

Acertado com Eduardo Coudet para 2020, o Internacional aguarda que o argentino se desligue do Racing para anunciar sua contratação. Coudet tem último jogo no próximo final de semana, quando decide o Troféu de Campeões por sua equipe atual.

Sem confirmar, como o Inter tem feito, Caetano admitiu que o futuro treinador participa do processo de formação de grupo para a temporada seguinte.

"O futuro treinador será oficializado muito provavelmente nas próximas semanas. Obviamente que já participa das ideias. Sem dúvida alguma está participando do plano em relação a características de atletas que saem e chegam", contou Caetano. "Quando tivermos a possibilidade de confirmar, vamos confirmar. Mas fiquem tranquilos que aqui ninguém faz nada sozinho, é um processo em que o futuro técnico está inserido", completou.

Ao longo de sua entrevista coletiva, Caetano também explicou a recusa ao Palmeiras, informada ontem.

"Tive uma reunião com o presidente Marcelo Medeiros, Alexandre Chaves Barcelos (vice-presidente). Não poderia ser diferente. Eu tenho contrato com Inter até o final do ano que vem. Muitas das coisas que estão em andamento têm minha participação. Espero continuar evoluindo e melhorando ainda mais o trabalho, que se iniciou há quase três anos com o Roberto (Melo), Adauri (Silveira). E quero agradecer a oportunidade que me deram, porque me contrataram junto com presidente", finalizou.

Internacional