PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG fecha ano "nota 5" com time reserva contra o Inter

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, em entrevista coletiva - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, em entrevista coletiva Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

08/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Atlético-MG foi eliminado de tudo que disputou em 2019 e terminou o Brasileirão sem aspirações. O presidente Sette Câmara vê o ano como "nota 5"
  • O dirigente crê que a sua equipe poderia ter disputado os títulos na temporada. Porém, ao abrir mão do Brasileirão, se complicou no torneio
  • Ele promete novidades e diz que a próxima temporada será diferente da atual. No entanto, elogia a parte administrativa do Galo
Classificação e Jogos

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, não ficou satisfeito com a temporada do clube. Eliminado em Copa do Brasil, Libertadores, Sul-Americana e Campeonato Mineiro e sem aspirações no Campeonato Brasileiro, a equipe fecha o ano diante do Internacional na tarde de hoje (8), às 16h, no Beira-Rio, com time reserva em campo.

A insatisfação do mandatário com a temporada do Galo ficou evidente após a vitória sobre o Botafogo, na rodada passada. Na ocasião, perguntado sobre a sua avaliação sobre o ano, ele afirmou de forma categórica:

"[Foi um ano nota] Cinco. Nós poderíamos ter brigado por coisa melhor neste ano. Em um dado momento do Brasileiro, abrimos mão para focar na Sul-Americana. Pagamos o preço de não conseguir disputar uma vaga para a Libertadores. Gostei do desempenho do time nos últimos jogos. Vamos começar a fazer algumas mudanças a partir da semana que vem. Já estamos fazendo o planejamento. Vamos aguardar o término do campeonato para começar a implementar uma série de novidades que são necessárias para que a gente possa ter um ano de 2020 diferente".

Mesmo que veja uma temporada abaixo da média, Câmara crê que os erros foram cometidos em todas as instâncias, tanto no elenco quanto na diretoria.

"Erros em algumas contratações, frutos de avaliações equivocadas. Erros também em relação à utilização de reservas em alguns jogos que comprometeram nosso desempenho no Brasileiro. Algumas questões que fizeram com que a gente não tivesse um ano que todos nós atleticanos esperávamos. Mas quero dizer que, por outro lado, temos trabalhado muito para tentar refazer a situação financeira do clube, para que a gente tenha uma saúde financeira melhor no futuro. Todo mundo já viu que se isso não acontecer nos clubes, você não vai brigar por títulos", concluiu.

Para enfrentar o Internacional na tarde de hoje, a comissão técnica planeja usar um time reserva: Victor; Guga, Léo Silva, Maidana e Lucas Hernández; Zé Welison, Ramón Martínez, Otero, Vinícius (Cazares) e Geuvânio (Maicon); Ricardo Oliveira.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL x ATLÉTICO-MG

Motivo: 38ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 8 de dezembro de 2019 (domingo)
Horário: às 16h (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
VAR: Rodrigo Nunes de Sa (RJ)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba (Danilo Fernandes); Heitor, Rodrigo Moledo, Cuesta e Natanael; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick (Sarrafiore), Neilton, D'Alessandro; Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Léo Silva, Maidana e Lucas Hernández; Zé Welison, Ramón Martínez, Otero, Vinícius (Cazares) e Geuvânio (Maicon); Ricardo Oliveira. Técnico: Vagner Mancini.

Atlético-MG