PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Andrés diz que Nunes indicou "mais de 17 nomes" e espera time forte em 2020

Do UOL, em São Paulo

08/12/2019 19h07

Classificação e Jogos

Tão logo o Campeonato Brasileiro terminou, o Corinthians já começou a pensar no planejamento para a próxima temporada. Em entrevista após a derrota para o Fluminense, hoje (8), em Itaquera, o presidente Andrés Sanchez diz esperar um time mais forte para 2020.

"Vamos tentar acabar todas as contratações antes da apresentação do time, em 6 de janeiro. Todo mundo sabe que não fomos bem esse ano. Ano que vem estaremos fortes", disse.

Sem citar nomes de possíveis reforços, Andrés disse que Tiago Nunes, futuro técnico da equipe, indicou "mais de 17 nomes" para serem analisados para a próxima temporada. "Se a gente contratar o que a gente está pensando, alguns jogadores terão que sair. Tem definido o que a gente quer e o que o treinador já passou. Agora vamos trabalhar para, se possível, até antes do ano fechar tudo que ele pediu e fazer um grupo mais forte possível para o ano que vem. São vários nomes, ele passou mais de 17. Tem o número 1, número 2, número 3, aquele que dá, que não dá. Não vou citar nomes porque tem muita especulação, mas vamos tentar atingir tudo aquilo que ele pediu".

A derrota para o Fluminense fez com que o Corinthians terminasse na oitava colocação, com 56 pontos, e vaga garantida para a fase preliminar da Libertadores. O clube paulista acabou perdendo a sétima posição para o Internacional, que venceu o Atlético-MG por 2 a 1.

"Corinthians tem que brigar para ser primeiro, segundo, sempre. Para o Corinthians, chegar em sétimo, oitavo, terceiro, é o mesmo que ser décimo", completou Andrés.

Corinthians