PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Liverpool ainda não conhecer o Flamengo é menosprezo? Veja opiniões do UOL

Wijnaldum , meio-campista do Liverpool, disse não conhecer muito bem o Fla - Phil Noble/Reuters
Wijnaldum , meio-campista do Liverpool, disse não conhecer muito bem o Fla Imagem: Phil Noble/Reuters

Do UOL, em Santos (SP)

07/12/2019 04h01

Resumo da notícia

  • Wijnaldum, do Liverpool, disse conhecer pouco sobre o Flamengo
  • Flamengo e Liverpool podem se enfrentar na final do Mundial de Clubes
  • Será que o Liverpool ainda não conhecer o Flamengo é menosprezo?
  • Menon: "Será que o Bruno Henrique sabe a escalação do Liverpool?"
  • "Não acho desprezo nem desrespeito. Acho ignorância", diz PVC
Classificação e Jogos

Jogador do Liverpool, Wijnaldum viralizou entre os torcedores rubro-negros ao comemorar um dos gols da goleada sobre o Everton fazendo o mesmo gesto que Gabigol tem usado ao balançar as redes.

Ao ser questionado sobre Gabigol e Flamengo, porém, o volante dos Reds disse não conhecer o atacante e ainda afirmou saber pouco sobre o time carioca, possível adversário do Liverpool no Mundial de Clubes.

"Não, na verdade não [conhece o Flamengo]. Treinamos no estádio deles em 2014. Sei que o Ronaldinho jogou lá", disse.

E agora? Será que o fato de o Liverpool não conhecer o Flamengo pode ser encarado como desrespeito? Fizemos essa pergunta aos blogueiros do UOL Esporte. Veja o que eles pensam:

ANDRÉ ROCHA

Não vejo como desrespeito. O Liverpool decide a vida na Liga dos Campeões na terça contra o RB Salzburg, jogo na Áustria. A Premier League é prioridade na temporada e ainda há a fase semifinal do Mundial. O confronto ainda é hipotético.

A partir do momento em que o jogo contra o Flamengo virar realidade, certamente todas as informações chegarão às mãos de Jurgen Klopp em tempo hábil para a decisão. O investimento de grandes clubes em informação hoje é enorme.

A questão central é que Mundial não é prioridade para europeus e, no caso dos ingleses, menos ainda por disputarem uma copa nacional a mais e o calendário em dezembro ser mais pesado.

Leia o blog do André Rocha.

ANDREI KAMPFF

Não acho. Primeiro que o tamanho do Mundial é outro para os clubes europeus. Se perguntar para qualquer torcedor do clube se eles preferem o título inglês ou o mundial, a resposta será a Premier League. Segundo, que o campeonato brasileiro - e nosso futebol - não tem a força das principais ligas europeias, e pouco se vê por lá. E terceiro, porque só a partir de segunda o Liverpool vai começar a tratar de Mundial. É assim. Simples, sem nenhuma polêmica.

Leia o blog Lei em Campo.

JUCA

Desrespeito algum. Apenas a constatação do mal que nosso calendário descompassado com o resto do mundo causa aos nossos times, impedidos de participar dos torneios de verão pelo mundo afora, como faziam nos anos 1960. Mas desconhecer o Flamengo pode permitir que o rubro-negro os surpreenda.

Leia o blog do Juca.

JULIO GOMES

Acho que há um enorme respeito da comunidade do futebol pelos jogadores brasileiros. E um desrespeito pelo futebol praticado aqui - esse desrespeito foi "conquistado" com méritos por quem faz o futebol acontecer aqui no Brasil.

O país ficou tão para trás que é natural que poucos se interessem. Dito isso, tenho certeza que muitos jogadores europeus sabem exatamente o que se passa aqui, não é o caso de Wijnaldum.

Me parece ser mais o caso de ignorância do que desrespeito. Se ele não sabe NADA sobre o Flamengo, ainda mais, como ele mesmo disse, tendo treinado aqui em 2014, ele é apenas um cabecinha de vento. Mais um, entre tantos que brilham com os pés, não com a boca.

Deve ter um monte de jogador brasileiro que tampouco sabe escalar o time do Liverpool - e este tem todos os jogos transmitidos aqui, ao contrário do Flamengo por lá.

De qualquer modo, certamente o Flamengo se aproveitará dessa e de outras frases soltas que mostrem que o Liverpool conhece pouco sobre seu possível adversário.

Leia o blog do Julio Gomes.

MARCEL RIZZO

Acho que jogadores, não. O Klopp com certeza já estuda o time. Mas temos uma falsa impressão que os clubes brasileiros repercutem lá fora, mas não repercutem. Mas em algum momento vão precisar conhecer.

Leia o blog do Marcel Rizzo.

MENON

Será que o Bruno Henrique sabe a escalação do Liverpool? Tem muito jogador assim, que só espera as informações do "professor" sobre o adversário. No mais, o Campeonato Inglês está na televisão brasileira. E o Brasileiro não está na Europa. Por fim, os clubes europeus dão mais importância à Liga dos Campeões do que ao Mundial. Não significa que não queiram vencer, mas é assim mesmo. E quem falou que alguém é obrigado a conhecer Gabigol? Se ele tivesse feito sucesso na Europa, conheceriam.

Leia o blog do Menon.

PERRONE

Muita calma nessa hora. O fato de um jogador dizer que não conhece o elenco atual, não significa que o Liverpool não conhece o Flamengo. Não vi desrespeito, mas sinceridade. Não dá pra cobrar que jogadores de um time inglês tenham na ponta da língua informações sobre equipes brasileiras que raramente enfrentam. Com certeza, antes do Mundial, o Liverpool estudará o rubro-negro. Lance normal, segue o jogo.

Leia o blog do Perrone.

PVC

Não acho desprezo nem desrespeito. Acho ignorância. O que me parece assustador é julgarmos que a ignorância é justificável no Wijnaldum e, muitas vezes, criticarmos os jogadores brasileiros como se fossem extraterrestres por não assistirem a outros times. Obviamente é mais fácil assistir à Premier League no Brasil do que ao Campeonato Brasileiro na Inglaterra. Mas a final da Libertadores foi transmitida ao vivo pela BBC. Como diz o Wijnaldum, ele curte a vida nos momentos de folga, não fica vendo futebol, apenas. Justo. Mas o trabalho indica procurar informações, as mínimas que sejam, antes de o técnico preparar para o jogo. Jogador de futebol se comporta como extraterrestre. Não só no Brasil. Tem muitos pelo mundo afora.

Leia o blog do PVC.

RAFAEL REIS

Desrespeito? Claro que não. Essa é apenas a verdade. A Europa pouco acompanha o futebol brasileiro (e tem motivos de sobra para isso). A verdade é que o Liverpool não está nem aí para o Flamengo, pelo menos por enquanto, porque tem assuntos mais urgentes para se preocupar, como manter a liderança do Inglês e se classificar para a fase final da Liga dos Campeões. Talvez esse cenário mude quando chegar o Mundial. Ou talvez não. De qualquer forma, não será menosprezo do Liverpool em relação ao Flamengo, mas sim uma questão de prioridades. Perder o Mundial não vai mudar em nada o ambiente nos Reds, mas deixar escapar novamente o título da Premier League ou ser eliminado precocemente na Champions certamente vai.

Leia o blog do Rafael Reis.

RENATO MAURÍCIO PRADO

Não vejo como desrespeito. Ele não tem a obrigação de conhecer o Gabigol que, provavelmente, também não o conhece. E daí?

Leia o blog do Renato Maurício Prado.

Flamengo