PUBLICIDADE
Topo

Por medo de "novo Scarpa", Flu paga atrasados de Marcos Paulo e Miguel

Marcos Paulo e Miguel são duas joias de Xerém - Lucas Merçon/Fluminense FC
Marcos Paulo e Miguel são duas joias de Xerém Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

06/12/2019 18h11

Em situação financeira complicada no fim da temporada, o Fluminense correu para realizar uma operação e pagar os salários atrasados do atacante Marcos Paulo e do meia Miguel, dois dos maiores ativos do Tricolor. As duas joias de Xerém receberam o mês de setembro. Nesta sexta-feira (6), o clube completou três meses de débito de CLT com os atletas, que agora podem pedir a rescisão unilateral na Justiça.

A informação foi primeiro veiculada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte. O ato é o segundo do tipo na gestão Mario Bittencourt, que também realizou essa operação em julho, para evitar uma eventual saída do atacante Pedro, que à época interessava ao arquirrival Flamengo. Aos outros jogadores, a diretoria prometeu pagar o mês de setembro até o dia 10 de dezembro. Desde que assumiu o clube, em junho, com os meses de abril e maio em aberto, o presidente acertou cinco meses de salário, o 13º de 2018 e algumas parcelas de direitos de imagem em atraso (apenas alguns jogadores do elenco recebem essa remuneração).

Essa decisão da diretoria aconteceu após conversa com o elenco, que entendeu a necessidade do clube em se resguardar nesse sentido. Não há a expectativa que nenhum jogador procure as vias legais para deixar o Tricolor, uma vez que grande parte do elenco, além do débito, já encerra seu vínculo no fim da temporada. Ainda nesta sexta-feira, o goleiro Agenor e os atacantes Brenner e Guilherme (que pertence ao Corinthians, e por isso não será relacionado no domingo) se despediram dos funcionários. O trio, indicação de Fernando Diniz, não ficará no Flu em 2020.

Após a última rodada, outros atletas devem se despedir. O lateral-direito Gilberto foi um a falar em tom de despedida após o jogo contra o Fortaleza. Outros atletas como Airton, Ewandro e Yony González também deixarão o clube. Titulares, Nino, Digão, Caio Henrique, Yuri, Allan e Daniel ainda são alvos de tentativas da diretoria para extensão de contrato. O zagueiro Matheus Ferraz, que se recupera de artroscopia, já foi liberado para as férias pelo Fluminense.

Fluminense