PUBLICIDADE
Topo

SPFC joga "final" por fase de grupos na Libertadores e planejamento de 2020

Fernando Diniz em jogo do São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Fernando Diniz em jogo do São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

04/12/2019 04h00

Classificação e Jogos

Não é exagero dizer que o São Paulo coloca o seu planejamento de 2020 em jogo nesta noite. Uma vitória sobre o Internacional no duelo de hoje (4), a partir das 21h30, no Morumbi, faz o Tricolor garantir a tão desejada vaga na fase de grupos da Copa Libertadores. Por outro lado, há quem diga nos bastidores do clube paulista que uma derrota poderia até acelerar um processo de reformulação no departamento de futebol e a troca de técnico.

Nas últimas semanas, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, passou a ser bastante pressionado para não renovar o contrato de Raí, executivo de futebol. Há dois anos no cargo, o ex-jogador viveu altos e baixos. Foi bastante elogiado quando o time chegou a liderar o Brasileirão, no ano passado, e na contratação de Daniel Alves, nesta temporada. A falta de títulos e a demissão de Diego Aguirre contaram pontos contra.

A movimentação política é para que Raí seja substituído por um conselheiro. Antes deste momento conturbado, porém, o dirigente era muito bem avaliado por Leco, que tinha até sinalizado com a possibilidade de renovação.

O próprio ex-jogador sabe da importância de conquistar a vaga para a fase de grupos do torneio continental. Neste ano, o São Paulo caiu na Pré-Libertadores e deixou de faturar R$ 22 milhões entre renda e direitos de transmissão.

O técnico Fernando Diniz também está bastante pressionado. Apesar de contar com o aval de Leco, o treinador viu a sua situação ficar ainda mais complicada depois da derrota para o Grêmio, na rodada anterior do nacional. Na ocasião, o técnico disse que se ficasse oito meses no Tricolor paulista, o time jogaria melhor taticamente do que o Fluminense. Tal declaração não foi bem recebida por conselheiro e torcedores.

Para complicar a situação, no jogo de hoje, Diniz cumpre suspensão automática por ter recebido o terceiro cartão amarelo. O treinador será substituído no banco de reservas pelo seu auxiliar, Márcio Araújo.

Possibilidades

Caso o São Paulo empate com o Internacional, a equipe precisará somar mais um ponto na partida com o CSA, fora de casa, e torcer para o Corinthians não ganhar as suas duas partidas para garantir a vaga na fase de grupos. Se o Alvinegro vencer as duas partidas e o Tricolor empatar as duas, a classificação será definida pelo saldo de gols. Já o Inter enfrenta o Atlético-MG, no Beira-Rio, na rodada final. Em caso de igualdade hoje, o Colorado precisa ganhar dos mineiros e torcer por uma derrota do São Paulo na última rodada.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X INTERNACIONAL

Data e hora: 4/12/2019 (quarta-feira), às 21h30 (Brasília)
Local: estádio Morumbi, em São Paulo (SP)
Competição: Campeonato Brasileiro, 37ª rodada
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Alex dos Santos e Éder Alexandre (ambos de SC)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Antony, Pablo e Vítor Bueno. Técnico: Márcio Araújo (auxiliar)
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick, D'Alessandro (Neilton) e Guilherme Parede; Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

São Paulo