PUBLICIDADE
Topo

Diego Souza vê infelicidade do Botafogo e convoca torcida para último jogo

Do UOL, no Rio de Janeiro

04/12/2019 21h44

O Botafogo perdeu para o Atlético-MG por 2 a 0 nesta quarta-feira, no Mineirão, e embolou a briga por uma vaga na Sul-Americana. Um dos líderes do elenco, Diego Souza entende que o time teve uma infelicidade no primeiro tempo, quando viu Jair abrir o placar.

Após a desvantagem, o Botafogo tentou correr atrás e até teve a chance de empatar com Cícero, mas acabou sendo castigado com o segundo gol do Galo. Com isso, o Alvinegro já projeta o último duelo do ano contra o Ceará, no Nilton Santos.

"A gente tentou, teve infelicidade. Futebol é muito estudado. Levamos o primeiro gol e aí tem que correr dobrado. Time do Galo é qualificado, experiente. Tentamos, tivemos chance. Me movimentei mais que nos outros jogos. A forma deles jogar facilitou, mas não foi suficiente", disse o camisa 7.
"Tem jogo domingo pra vaga de sula. Dar parabéns à torcida pelo o que fez. Eles dizem quem "ninguém ama como a gente" e isso é verdade. No momento mais difícil eles lotaram o Nilton Santos e foram fundamentais para que a gente escapasse do rebaixamento. Agora temos um segundo objetivo, que é a Sul-Americana. Vamos pela vitória para dar esse presente a torcida", completou Diego Souza.
Com a derrota, o Botafogo segue com 42 pontos em 14º, mas poderá perder uma posição para o Fluminense, que encara o Fortaleza, nesta quarta-feira. O Alvinegro volta a campo no domingo, quando receberá o Ceará, no Nilton Santos.

Botafogo