PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro vacilou em sete das dez chances que teve para sair do rebaixamento

Recentemente, Cruzeiro teve a chance de sair da degola, mas não pontuou contra Santos, CSA e Vasco - Bruno Haddad/Cruzeiro
Recentemente, Cruzeiro teve a chance de sair da degola, mas não pontuou contra Santos, CSA e Vasco Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

04/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Cruzeiro não fez os pontos necessários em sete das dez oportunidades que teve para sair do Z-4
  • Maioria dos pontos perdidos foram contra concorrentes, como Ceará, Avaí e CSA
  • Equipe só aproveitou a oportunidade em jogos isolados, contra Botafogo e Santos (estreia de Ceni)
  • Nova oportunidade de deixar o Z-4 pode pintar contra o Grêmio, mas equipe precisa secar o Ceará
Classificação e Jogos

O time do Cruzeiro faz as contas para não ser rebaixado do Brasileirão pela primeira vez em sua história. Com apenas 36 pontos nos 36 jogos realizados, vários motivos ajudam a explicar porque a equipe celeste vive essa má fase há meses. Um dos motivos que mais chama atenção é que o clube desperdiçou a maioria das oportunidades que teve para sair da zona de rebaixamento. Em dez jogos, o time só dependia dele mesmo para sair do Z-4, mas não fez a pontuação necessário por sete vezes. Tão ou mais preocupante que isso é que a maior parte desses pontos foram perdidos contra equipes já rebaixadas ou que lutaram contra o descenso.

Das 36 rodadas já realizadas, o Cruzeiro já ficou entre os quatro últimos times da tabela por 16 vezes. Em dez ocasiões, a Raposa dependia apenas do seu própria resultado (algumas vezes um empate, em outras, um triunfo) para deixar a zona de rebaixamento, mas não conseguiu executar bem a tarefa em campo.

O episódio mais recente aconteceu na última segunda-feira (2), caindo para o Vasco. Derrotado, o time não ultrapassou o Ceará e ainda viu o concorrente abrir dois pontos de vantagem. Em outras seis ocasiões, a frustração ao final da partida foi a mesma. Com exceção do líder Flamengo, os outros pontos perdidos foram contra times que brigaram ou ainda figuram na parte baixa da tabela, como Goiás, Fortaleza (atualmente ambos sonham com uma vaga na Libertadores), Avaí, Ceará, e CSA (veja os resultados ao fim da matéria).

Nas 24ª, 25ª e 26ª rodadas, a situação era tão ruim que nenhuma vitória ou goleada tiraria o Cruzeiro da zona do rebaixamento. Por duas vezes, o time até poderia igualar o primeiro concorrente fora do Z-4 em números de pontos. Mas, naquela altura, a equipe celeste já sofria com a falta de vitórias e não deixaria a degola por causa do critério de desempate. Na 27ª rodada, veio um princípio de alívio, e o time venceu o Corinthians, mas uma combinação de resultados não foi suficiente para tirar a corda do pescoço. Desde então, os placares não melhoraram.

Por outro lado, somente em três momentos isolados o Cruzeiro conseguiu aproveitar bem a chance de sair do Z-4. Ainda no primeiro turno, isso aconteceu ao empatar sem gols com o Botafogo. No final do turno, a história se repetiu com a chegada de Rogério Ceni, vencendo o então líder Santos e dando a injeção de ânimo que o time precisava no momento. Por último, outra vitória veio em novo duelo contra o Botafogo, agora no Rio e já no comando de Abel Braga. Contudo, mais uma vez, a equipe não embalou, colecionou outros resultados negativos e voltou para a zona do rebaixamento.

Se não fez muitos pontos contra equipes inferiores, restou agora a obrigação de o Cruzeiro vencer duas pedreiras. Sem tempo para lamentações, o time terá pela frente o Grêmio, na noite de amanhã (5). Dois pontos atrás do Ceará, a equipe poderá entrar em campo em dois cenários distintos: podendo igualar ou até superar o time cearense em pontos, ou com uma nova possibilidade de deixar o Z-4 faltando só mais um jogo para o fim da temporada. Em caso de derrota em Porto Alegre e vitória ou empate dos cearenses diante do Corinthians, a Raposa será rebaixada com uma rodada de antecedência para o fim do Brasileiro.

Rodadas que o Cruzeiro tropeçou e perdeu a chance de deixar a zona de rebaixamento

14ª rodada: empatou fora contra o Avaí
20ª rodada: perdeu em casa para o Flamengo
21º rodada: empatou fora contra o Ceará
22ª rodada: perdeu fora para o Goiás
28ª rodada: empatou em casa com o Fortaleza
35ª rodada: perdeu em casa para o CSA
36ª rodada: perdeu fora para o Vasco

Rodadas que o clube aproveitou a chance e deixou a zona da degola:

10ª rodada: empatou em casa contra o Botafogo
15ª rodada: venceu o Santos em casa
29ª rodada: ganhou fora de casa do Botafogo

Cruzeiro