Topo

"Doeu quando Cristiano empatou comigo em Bolas de Ouro", admite Messi

Lionel Messi posa ao lado das seis Bolas de Ouro que conquistou - @FCBarcelona/Twitter
Lionel Messi posa ao lado das seis Bolas de Ouro que conquistou Imagem: @FCBarcelona/Twitter

Do UOL, em São Paulo

03/12/2019 15h32

O atacante Lionel Messi conquistou ontem a sua sexta Bola de Ouro na premiação promovida pela revista France Football.

O astro argentino não ficava com o prêmio desde 2015. De lá pra cá, ele viu Cristiano Ronaldo levar mais dois prêmios e empatar com ele até a premiação de ontem. Ao analisar o tema, Messi admitiu que ficou chateado ao ver o astro português igualar seu feito.

"Por um lado, eu gostava de ser o único a ter cinco Bolas de Ouro. Quando Cristiano me igualou, admito que doeu um pouco, já não estava sozinho lá no topo. Mas naquele momento ele tinha méritos em levar a Bola de Ouro e eu não podia fazer muita coisa", explicou o astro.

Messi ainda explicou que, ao analisar sua carreira, entendeu por que estava perdendo espaço para Cristiano Ronaldo na disputa pelo prêmio.

"Entendo por que não ganhava. Não cumpríamos o objetivo de ganhar a Champions, e essa é a competição que dá mais oportunidades de levar a Bola de Ouro. Quando Cristiano Ronaldo estava ganhando os troféus é porque fazia boas temporadas e ganhava a Liga dos Campeões sendo mais decisivo."

Messi ainda evitou entrar em polêmicas com o astro português, que não participou da cerimônia de ontem, ao responder sobre a "frustração de Cristiano Ronaldo ao vê-lo ganhar".

"Cada um vive a vida da sua maneira. Os títulos coletivos são importantes, e os individuais valorizam o trabalho em equipe. Mas quando estamos em um esporte de alto nível, todos queremos vencer", minimizou o atacante.

O astro argentino desconversou ao ser questionado se ele era o melhor jogador de todos os tempos.

"Honestamente, eu não sei quem é o melhor jogador da história", explicou o jogador, que ainda disse ser um "construtor", e não um "goleador".

Por fim, Messi disse que recebe propostas da Inglaterra "todo ano", mas que não pensa em deixar o Barcelona.

"Tenho propostas da Inglaterra toda temporada. Me sondam para saber se tenho vontade de sair ou sobre minha situação física. Eles sabem que a minha vontade é clara e nunca chegou o momento em que quis sair do Barcelona", concluiu o argentino.

Barcelona