Topo

Flu decide luta contra o rebaixamento, mas desempenho no Maracanã não anima

Atacante Yony González sob os olhares da torcida do Fluminense, no Maracanã  - LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.
Atacante Yony González sob os olhares da torcida do Fluminense, no Maracanã Imagem: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

02/12/2019 04h00

O gol de empate do Avaí, nos minutos finais do duelo de ontem (1), fez com que o Fluminense ainda ficasse na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro e colocou o time tricolor em uma situação ambígua: ao mesmo tempo que a equipe vai "decidir a vida" em casa, com o apoio da torcida, os resultados como mandantes não foram bons na competição e aumentam a pressão por um triunfo.

Atuando no Maracanã, o Fluminense conquistou, até aqui, 24 pontos, obtendo 44,4% de aproveitamento. Atualmente, está à frente de Avaí, Chapecoense, Cruzeiro e CSA, os quatro integrantes do Z4, além de Vasco, que tem um jogo a menos - encara o Cruzeiro hoje (2), em São Januário.

Diante da torcida, o Tricolor teve resultados que pesaram na campanha, como a derrota para o Avaí e CSA e os empates com Ceará, Chapecoense e Atlético-MG, que chegou à igualdade nos minutos finais.

Avaí e Chapecoense já estão matematicamente rebaixados, enquanto CSA e Ceará brigam, assim como o Tricolor, pela permanência. À época do confronto, o Galo também compartilhava desta luta.

A lembrança mais recente, porém, anima os tricolores. A vitória sobre o Palmeiras, que está nas primeiras posições da tabela, com um gol de Marcos Paulo, fez com que a situação do elenco no Brasileiro ficasse um pouco mais confortável do que se desenhava para as rodadas finais.

Marcão, atualmente treinador e ex-jogador do Fluminense, acredita que, com o apoio da arquibancada, o resultado possa ser positivo e os torcedores possam respirar aliviados.

"Com o apoio do nosso torcedor no Maracanã, podemos pensar em coisas maiores. Nossos atletas estão comprometidos com o clube e com as nossas pretensões", disse.

Durante a temporada, a diretoria do Fluminense chegou a fazer campanhas para que se chegasse a essa comunhão entre time e torcida, necessária agora para afastar de vez a possibilidade da Série B em 2020.

Fluminense