Topo

Futebol


Guerrero faz quatro gols em três jogos e retoma protagonismo no Inter

Do UOL, em Porto Alegre

01/12/2019 04h00

Paolo Guerrero marcou todos os gols do Internacional nas três partidas mais recentes do clube gaúcho no Campeonato Brasileiro. A conclusão de fora da área diante do Botafogo, com falha de Gatito, garantiu a vitória vermelha e devolveu protagonismo ao peruano. Justamente em meio às especulações de uma possível transferência ao Boca Juniors.

Guerrero chegou a nove gols no Campeonato Brasileiro. Antes de decidir na 36ª rodada, balançou as redes diante de Goiás e Fortaleza, duas vezes.

Contra o Botafogo, o Internacional atuou para deixar Guerrero mais perto da área adversária. E com estratégia de abastecer o peruano pelos dois lados. Não à toa, o camisa nove foi quem mais finalizou no gol em todo o jogo.

"Para mim, o Guerrero é um atacante finalizador e extremamente inteligente. Tem nível mundial e provou pela seleção, na Bundesliga. Um jogador assim é preciso municiar o tempo todo, o máximo possível. É um jogador com cognitivo muito alto, que sai de onde está para procurar o passe, o companheiro. No Flamengo ele fez uma temporada muito boa quando eu estava lá", comentou Zé Ricardo.

Em toda a temporada, Paolo Guerrero acumula 19 gols. O início do centroavante no Inter foi avassalador, com atuações dominantes no Gauchão e na Libertadores. Mas depois, o ritmo caiu. O peruano entrou em jejum e no Brasileirão fez somente três gols até a troca de técnico.

"O Zé Ricardo ficou quase dois anos com o Paolo no Flamengo e acredito que isso tenha influência no rendimento recente dele", comentou Rodrigo Caetano, diretor executivo de futebol do Inter.

Com o treinador atual, o Internacional assistiu Guerrero marcou seis vezes em nove partidas. O protagonismo, que foi total entre abril e junho, voltou aos pés do centroavante.

Interesse do Boca Juniors

O Inter se mostra muito confiante na permanência de Paolo Guerrero para 2020. Mesmo que na Argentina as notícias sobre o interesse do Boca Juniors se proliferem cada vez mais.

"Muita gente vem falando pelo Paolo na Argentina. Eu falo com o empresário dele quase que diariamente, o representante dele é o Bruno Paiva. Ele nos passa a sensação do jogador, que está feliz aqui e quer conquistar. A mim ele falou que deseja seguir e não falou em sair", disse Caetano. "Essa conversa de desejo de sair ele não teve comigo e nem com ninguém aqui. Ele sempre cumpriu seus contratos e só saiu do Corinthians e do Flamengo justamente assim".

O Internacional volta a campo na quarta-feira, diante do São Paulo, no Morumbi.

Futebol