Topo

Gabigol lamenta falta de torcida do Flamengo e cita respeito ao Palmeiras

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

01/12/2019 18h32

Autor de dois gols na vitória do Flamengo por 3 a 1 sobre o Palmeiras, no Allianz Parque, na tarde de hoje (1), pelo Campeonato Brasileiro, o atacante Gabigol lamentou a ausência da torcida rubro-negra e saiu em defesa dela.

A partida não teve a presença de flamenguistas porque a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acatou uma recomendação do Ministério Público do Estado de São Paulo, que indicou torcida única para este confronto.

"Não tivemos a presença da nossa torcida hoje. Acho que que temos de defender eles [torcedores] como eles nos defendem. Acho que seria justo a nação conosco neste domingo. Sentimos a energia positiva, fizemos um grande jogo, mas sentimos falta deles... Tenho certeza que eles estão no Rio comemorando. Espero que a torcida compareça no próximo jogo no Rio", disse o camisa 9.

O atacante também citou respeito tanto ao elenco do Palmeiras quanto aos torcedores do Verdão.

"Com todo respeito, viemos jogar aqui com muita entrega e dedicação, como sempre fizemos. Respeitamos a torcida e os jogadores do Palmeiras. Jogamos e ganhamos. Provação e briga ficam fora de campo. São dois grandes times", afirmou.

Gabigol pediu para ser substituído no decorrer do segundo tempo, indicando à comissão técnica a parte posterior da coxa direita, mas o técnico Jorge Jesus já havia feito as três substituições. O camisa 9, porém, tranquilizou os torcedores e assegurou não ser nada grave:

"Não senti muito não. Foi um incomodozinho, e pedi para sair. Nada sério".

Flamengo