Topo

UOL Esporte vê TV


Em casa, Galvão revela decisão após infarto: "Ficar mais com a família"

Galvão Bueno gravou vídeo para agradecer mensagens de carinho - Reprodução/ Instagram
Galvão Bueno gravou vídeo para agradecer mensagens de carinho Imagem: Reprodução/ Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/12/2019 22h07

A edição de hoje (1) do Fantástico exibiu a primeira entrevista de Galvão Bueno após o infarto que o narrador sofreu em Lima, no Peru, onde se preparava para narrar a final da Copa Libertadores da América. Galvão recebeu Tadeu Schmidt em sua casa, em Londrina (PR) e deu mais detalhes sobre o que aconteceu.

"Estou me sentindo 100%. Não como se nada tivesse acontecido porque fica no psicológico. Senti uma pressão, uma dor no peito e pensei que era pelo esforço que eu estava fazendo. Mas começou a doer o braço. Aí, acordei a Desirée. Ela me arrancou da cama. Fiz um eletrocardiograma, a Desirée mandou pro meu médico em SP e ele disse que eu precisava fazer um cateterismo imediatamente, que eu tinha tido um infarto.

O narrador contou que sentiu medo, que pensou em tudo o que fez na vida, e que tomou algumas decisões após deixar o hospital.

"Tive medo, sim. Fiz uma avaliação de tudo o que fiz. Coisas boas, ruins, exageros. Tomei uma decisão. Sou muito chegado à minha família. Mãe, esposa, filhos, netos. Tenho que dar mais tempo a eles. Posso e devo tomar meu vinho, de forma moderada. E tenho que baixar meu nível de estresse. E eu não tenho a menor ideia de como vou fazer isso em uma narração. É o momento em que eu me sinto bem, quando eu estou narrando, quando eu tenho essa responsabilidade, a adrenalina, não acho que é estresse", continuou.

Galvão ainda elogiou seu substituto na narração da final da Libertadores: Luís Roberto, e agradeceu as mensagens de carinho que recebeu.

"Luís Roberto foi muitíssimo bem. Ele foi me ver na UTI, mas eu estava dormindo. Eu disse que ele tinha que ter me acordado. Além dele, recebi muitas mensagens de carinho nas redes sociais e sou muito grato. O Tite me mandou duas mensagens", completou.

UOL Esporte vê TV