Topo

Futebol


Diniz diz que ainda não conversou sobre 2020 e explica Pato e Hernanes fora

Fernando Diniz na derrota do São Paulo diante do Grêmio em Porto Alegre - Jeferson Guareze/AGIF
Fernando Diniz na derrota do São Paulo diante do Grêmio em Porto Alegre Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Do UOL, em São Paulo

01/12/2019 22h36

A derrota para o Grêmio por 3 a 0 em Porto Alegre na noite deste domingo (01) fez com que algumas dúvidas do torcedor tricolor em relação ao comando de Fernando Diniz voltassem à tona. Em entrevista coletiva, o treinador foi questionado sobre seu futuro e também justificou suas escolhas dentro de campo.

Sobre 2020, Fernando Diniz foi enfático ao dizer que o seu foco está no atual momento da equipe. "Sobre 2020, não estamos falando disso. O foco é buscar a vaga direta. É o pensamento de todo mundo", disse ele, que garantiu que a declaração recente de Leco garantindo sua permanência para a próxima temporada não coloca pressão em seu trabalho.

Por ter um contrato firmado pela CLT, diferente do que costuma acontecer com os técnicos no Brasil, Diniz não tem um tempo de contrato definido e não tem multa rescisória estipulada.

O São Paulo terminou o jogo com três jogadores formados nas categorias de base do clube: Igor Gomes, Helinho e Antony. Mais uma vez, Pato e Hernanes não entraram em campo e Diniz foi perguntado se conta com os atletas para a sequência no campeonato."Eles absolutamente estão nos planos. Pelo jogo, eu achei melhor fazer as substituições que fiz. O Pato, poderia ter entrado", revelou ele.

O São Paulo agora recebe o Internacional no Morumbi na próxima quarta-feira (4) em confronto direto que vale muito para as pretensões de ambas as equipes. Se vencer ou empatar, o Tricolor depende só de si na última rodada para garantir a vaga direta na fase de grupos na próxima Libertadores.

Futebol