Topo

Futebol


Inter faz investida para contratar Chará, do Atlético-MG

Chará comemora gol do Atlético-MG contra o Colón - Alessandra Torres/AGIF
Chará comemora gol do Atlético-MG contra o Colón Imagem: Alessandra Torres/AGIF

Marinho Saldanha e Thiago Fernandes

Do UOL, em Porto Alegre e Belo Horizonte

28/11/2019 14h00

Resumo da notícia

  • Internacional fez investida para tentar a contratação de Yimmi Chará, atacante do Atlético-MG, para janeiro de 2020
  • Ideia do Colorado é assumir dívida de três milhões de dólares do Galo com o Junior Barranquilla, ex-clube de Chará, e enviar um jogador aos mineiros
  • No início de 2019, o Atlético tentou envolver William Pottker na liberação de Elias ao Internacional. A negociação, no entanto, não deu certo

O Internacional fez uma investida para contratar o meia Yimmi Chará, do Atlético-MG. Segundo apurou o UOL Esporte, a negociação está em andamento e pode envolver a ida de um jogador do Colorado no caminho inverso.

O molde que se apresenta no momento é o clube gaúcho assumir a dívida de 3 milhões de dólares (R$ 12,7 na cotação atual) que os mineiros têm com o Júnior de Barranquilla, da Colômbia, na contratação do jogador.

Na contratação do atleta, em 2018, o banco BMG pagou uma entrada de três milhões de dólares. Além disso, o Galo teria que desembolsar mais três milhões de dólares, pendente em três parcelas idênticas de um milhão de dólares. Nenhuma delas foi paga até o momento.

Além do valor, um jogador seria envolvido no caminho inverso, deixando o Internacional para fechar com o Atlético-MG. No ano passado, o clube de Belo Horizonte demonstrou interesse em William Pottker, mas a troca por Elias, na ocasião, acabou não acontecendo.

O Internacional não trata publicamente de negociações e entende que os assuntos referentes a 2020 atrapalham no momento do time, que briga para não deixar escapar a vaga na Libertadores do próximo ano. Porém, segundo apurou a reportagem, a negociação pode se concretizar.

As funções ofensivas de ataque são prioridade no Beira-Rio. Como informou o UOL Esporte, a contratação de um jogador com poder de decidir os jogos, que atue aberto, com velocidade e capacidade individual é prioridade.

O Atlético-MG, por sua vez, não descarta o acordo. De olho em reforçar o elenco, e sem a melhor condição financeira, trocar atletas surge como uma alternativa no Galo, e abater a dívida transformaria o acordo em algo positivo.

Com 28 anos, o colombiano disputou 46 partidas e marcou nove gols na atual temporada. Recuperado de lesão, ele deve ficar à disposição para o jogo com o Corinthians, depois de um mês sem jogar.

Futebol