PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coelho contraria "lenda defensiva" no Corinthians e reanima seus camisas 9

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/11/2019 04h00

O técnico Dyego Coelho começa a contrariar dentro e fora de campo o discurso de que o Corinthians precisa ser defensivo para conquistar vitórias e até títulos. Em apenas cinco jogos no comando da equipe, o interino já venceu dois jogos marcando três gols. Além da vitória por 3 a 0 contra o Avaí, ontem (27), na Arena de Itaquera, o Timão já havia vencido o Fortaleza por 3 a 2 com Coelho no banco de reservas. Com Fábio Carille, em 66 jogos, o Alvinegro venceu apenas três jogos com três ou mais gols de diferença.

Coelho não quis tratar como "lenda" que o Corinthians historicamente conquistou títulos por apostar na retranca defensiva, mas fez questão de dizer que o time de Parque São Jorge já levantou troféus atuando de diversas maneiras, inclusive, ofensivamente.

O Corinthians ganhou títulos de todas as maneiras possíveis na história. De alguns anos para trás teve um setor defensivo muito bom, não digo se é certo ou errado, cada um tem sua maneira. Eu gosto de jogar para frente. É só questão de perfil de comandante, o que importa é o Corinthians vencer sempre

Coelho sobre Corinthians ganhar títulos na retranca

Esquema de Coelho acirra briga de centroavantes

O sistema de jogo ofensivo de Coelho começa a beneficiar os centroavantes do Corinthians. Se antes a bola não chegava e não raro o escolhido da vez entre Gustagol, Mauro Boselli e Vagner Love pudesse passar despercebido em campo, hoje já vale a pena a briga pela posição. Eles sabem que as perspectivas para marcar um gol melhoraram bastante.

E a disputa começa a ficar acirrada entre dois deles: Boselli e Gustagol. O argentino já marcou três gols sob o comando de Coelho, enquanto Gustavo marcou um gol, mas já se destacou até com assistências, como no passe para Junior Urso marcar o segundo do Corinthians contra o Avaí.

Sobre os camisas 9 é bom para o clube, entra um, entra outro, temos que conversar com eles, dizer que a briga é boa. O que eles procuraram fazer com as ideias que procuramos passar ofensivamente me deixa muito feliz. Conseguiram isso em pouco tempo, eles compraram a ideia

Coelho sobre a briga dos camisas 9

É uma lenda dizer que o "DNA" do Corinthians sempre foi defensivo em sua história?

Resultado parcial

Total de 548 votos
72,99%
27,01%
Total de 548 votos

Pedrinho e Avelar preocupam contra o Atlético-MG

Na próxima rodada, o Corinthians encara o Atlético-MG, domingo (1º), às 18h, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 36ª rodada do Brasileiro. O lateral-esquerdo Danilo Avelar e o meia-atacante Pedrinho deixaram o campo reclamando de dores no ombro. Avelar, inclusive, foi substituído por Carlos Augusto no início do segundo tempo. Os dois são dúvidas para o duelo contra os mineiros.

Futebol