Topo

Zé Ricardo vê desequilíbrio emocional em derrota do Inter: "Fantasmas"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

27/11/2019 22h36

O técnico Zé Ricardo citou desequilíbrio emocional do Inter na derrota por 2 a 1 para o Goiás, hoje, no Beira-Rio, pela 35ª rodada do Brasileiro. Segundo ele, "fantasmas" de alguns momentos ruins voltaram a aparecer.

"Fazíamos um belíssimo primeiro tempo até o gol do Goiás. Tínhamos criado quatro ou cinco chances de gol. Se mantivéssemos isso, chegaríamos à vitória. Após o gol também criamos algumas chances, mas o goleiro Tadeu teve outra noite muito feliz. No segundo tempo não rendemos o que poderia. Alguns fantasmas voltam a rondar nossas cabeças, precisamos tratar bem o nosso emocional. Temos um time experiente, que sabe reverter situações difíceis. Hoje não soubemos. Oferecemos o contra-ataque e o segundo gol decretou a derrota", disse o treinador.

O Colorado, de fato, tinha acertado a trave e pressionava quando sofreu o primeiro gol. Marcelo Lomba falhou e Rafael Moura marcou no rebote. Mas em seguida, apesar de estar tentando atacar, o Inter deu muito espaço, sofreu mais um, e poderia ter levado ainda mais. Guerrero marcou o gol do Colorado.

"A gente vai ter que reagir. Tínhamos seis pontos para disputar em casa, conseguimos apenas um. Estamos decepcionados. Mas eu confio muito no dia a dia deste grupo. Ele mostra que temos condições de sair deste tipo de situação. Mais uma vez não conseguimos. Quando tínhamos tudo para crescer de produção, acabamos, pelo contrário, fazendo um segundo tempo muito aquém. Confundimos velocidade com pressa e não construímos como no primeiro tempo", acrescentou.

O Inter vê, agora, o posto no grupo de classificação para a próxima Libertadores ameaçado. O Goiás está apenas dois pontos atrás, e as rodadas finais ditarão o rumo do torneio. No sábado, o time gaúcho encara o Botafogo, fora de casa.

Internacional